Reservas falham em teste, Santos perde para Luverdense, mas avança de fase

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos perdeu para o Luverdense por 2 a 1, de virada, nesta quinta-feira, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, mas garantiu a sua classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Isso porque a equipe santista goleou o adversário no jogo de ida, por 5 a 1, na Vila Belmiro. Por conta da vantagem conquistada na Vila, o técnico Jair Ventura escalou um time de linha totalmente reserva. O goleiro Vanderlei foi o único titular em campo. O problema é que o "reservão santista" falhou no teste e foi dominado pelo Luverdense.

Após sair na frente com um gol contra de Paulinho, o Santos permitiu o empate ainda no primeiro tempo e a virada no início da segunda etapa. Jair Ventura não gostou nada da atuação de sua equipe. Segundo o Fox Sports, o treinador ficou de "cara fechada" durante todo o segundo tempo, quando seu time foi dominado pelo Luverdense.

A maioria dos jogadores testados cometeu falhas ou tiveram atuações apagadas: caso de Gustavo Henrique, que escorreu no gol, Daniel Guedes, que virou uma espécie de "avenida" para os atacantes do Luverdense, além de Yuri, Vecchio, Diego Pituca, Yuri Alberto, todos com atuações frustrantes.

Após eliminar Luverdense, o Santos volta a campo no próximo domingo, quando joga o clássico contra o São Paulo, às 16h (de Brasília), no Morumbi, válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Quem foi bem: Itaqui "brilhou" nos dois jogos

Após marcar o único gol do Luverdense no jogo de ida, na Vila Belmiro, onde seu time perdeu por 5 a 1, o lateral Itaqui balançou as redes novamente. Desta vez, ele marcou um golaço. Itaqui cobrou falta próxima a linha de fundo do lado direito da defesa santista e acertou o ângulo esquerdo do goleiro Vanderlei.

Quem foi mal: Vecchio sai vaiado e infeliz

O meia Vecchio teve atuação apagada e foi substituído por Vitor Bueno aos 12 minutos do segundo tempo. O argentino deixou o campo vaiado pela torcida santista que estava em Mato Grosso. O jogado deixou o campo com a "cara fechada" e sequer cumprimentou o companheiro de time na alteração.

Fora da Copa, Vanderlei teve atuação irreconhecível

Vanderlei teve atuação irreconhecível após ficar de fora da convocação final de Tite para a Copa do Mundo da Rússia. Ele falhou no primeiro gol e tomou um gol que não costuma sofrer no segundo gol marcado pelo Luverdense. Além disso, o camisa 1 do Santos demonstrou insegurança e espalmou bolas fracas, que poderia ter encaixado. Em uma delas, o Luverdense fez o terceiro gol, mas o árbitro anulou, marcando impedimento.

Nem Sasha salvou

Com o time reserva do Santos dominado pelo Luverdense no segundo tempo, Jair Ventura colocou Eduardo Sasha e Vitor Bueno na segunda etapa. No entanto, até a dupla titular teve atuação discreta e não pôde evitar a derrota santista.

Soma de erros e gol do Luverdense

O primeiro gol do Luverdense foi uma soma de erros da defesa do Santos. Diego Pituca começou perdendo a bola no meio-campo, Daniel Guedes ficou olhando e deixou o adversário cruzar, Gustavo Henrique escorregou na área e Vanderlei não pegou chute fraco no meio do gol.

Cittadini está de castigo?

O meia Léo Cittadini foi relacionado para a longa viagem a Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, mas não atuou. Aliás, o jogador sequer ficou no banco de reservas. Oficialmente o clube paulista alega que o atleta não está 100% recuperado de dores no tornozelo, mas há dirigentes que admitem internamente uma espécie de "castigo" ao jogador por conta de o meia recusar proposta de renovação.

FICHA TÉCNICA

Luverdense-MT 2 x 1 Santos

Data: 17 de maio de 2018, quinta-feira
Local: Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)

Gols: Paulinho contra aos 15 minutos (Santos); Paulo Renê aos 31 minutos e Itaqui aos dois minutos do segundo tempo (Luverdense)

Luverdense: Diogo Silva; Itaqui, Kaique, André Ribeiro e Paulinho; Diogo Sodré (Elton), Moisés (Rubinho) e Lorran; Lucas Braga, Rafael Silva e Paulo Renê (Ariel). Técnico: Luizinho Vieira

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Yuri (Calabres), Diego Pituca e Vecchio (Vitor Bueno); Arthur Gomes, Yuri Albeto e Copete (Sasha). Técnico: Jair Ventura

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos