Palmeiras leva sustos e só empata com América-MG, mas avança às quartas

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras não teve vida fácil para conquistar a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (23). O time saiu perdendo e precisou correr atrás pra buscar um empate por 1 a 1 com o América-MG, no Allianz Parque, resultado que foi suficiente graças à vitória por 2 a 1 no jogo de ida em Belo Horizonte. Serginho fez o gol mineiro, enquanto Willian marcou para os paulistas.

O time da casa teve o desfalque de última hora de Dudu, que não foi escalado por estar na lista reserva de 12 nomes de Tite para a Copa do Mundo – segundo regra da Fifa, jogadores pré-convocados não podem disputar partidas por seus clubes desde o último final de semana. Como a CBF não esclareceu se Dudu tinha condição legal de atuar, o Palmeiras não usou seu camisa 7.

Agora o Palmeiras aguarda o sorteio da próxima fase, em 17 de julho, para conhecer seu próximo adversário na Copa do Brasil. Além do time alviverde, outras cinco equipes já garantiram vaga nas quartas de final: Grêmio, Corinthians, Flamengo, Chapecoense e Santos.

Quem foi bem: Dracena

Do meio-campo para frente, nenhum palmeirense teve atuação digna de destaque. Mas na defesa Edu Dracena foi seguro e fez jus à faixa de capitão, com seriedade sempre que necessário e orientando os companheiros o tempo todo.

Quem foi mal: Deyverson

Ale Cabral/AGIF

Escalado como titular de última hora por causa do desfalque de Dudu, o centroavante fez um de seus piores jogos com a camisa do Palmeiras. Falhou em um domínio simples após receber passe em profundidade de Lucas Lima, errou um passe que matou um contra-ataque perigoso e ainda perdeu um gol incrível, furando na pequena área após receber cruzamento da direita. Para completar, a torcida comemorou como se fosse um gol quando Roger Machado optou por sacá-lo no intervalo e colocar Guerra em campo.

Palmeiras erra demais em primeiro tempo sonolento

O primeiro tempo do Palmeiras foi marcado por um excesso de erros técnicos, que impediram o time de furar a boa marcação do América. O principal culpado foi Deyverson, que errou domínios simples, passes importantes e perdeu um gol na pequena área (veja acima). Keno também esteve muito disperso e errou vários passes, com destaque para um recuo de bola bizarro que resultou em escanteio para o adversário. Nem depois de levar o gol o time alviverde acordou.

América-MG abre o placar em jogada bonita (e legal)

O time mineiro também estava pecando no passe e cometendo muitas falhas técnicas, mas quando acertou o pé, fez um golaço. Rafael Moura acionou Carlinhos com um lindo passe por cima da defesa palmeirense, que parou. O lateral só escorou para o meio e Serginho completou sem goleiro para abrir o placar. Os jogadores do Palmeiras reclamaram muito de impedimento, mas Diogo Barbosa dava condição na jogada.

Roger cria alternativas a partir do intervalo

Após a aposta em Deyverson dar errado, o treinador reagiu logo no intervalo e o trocou por Guerra. O venezuelano entrou no lado esquerdo do campo, e Willian foi acionado no comando de ataque. A formação foi mantida mesmo após Lucas Lima sair para a entrada de Hyoran, que ficou pelo meio para armar o Palmeiras. Depois, Papagaio entrou para assumir as funções de Willian, que pediu a substituição.

Torcida se irrita com o time e vaia no intervalo

O Palmeiras teve que ir para o intervalo ouvindo vaias pesadas no Allianz Parque. A torcida alviverde se irritou com a sucessão de erros da primeira etapa, especialmente em passes no meio-campo. Os aplausos só vieram quando o segundo tempo ia começar, com a notícia de que Deyverson estava deixando o jogo para a entrada de Guerra.

Passivo, Lucas Lima volta a ser substituído

Daniel Vorley/AGIF

Lucas Lima não vem conseguindo manter uma regularidade de atuações no Palmeiras. Nesta quarta, o meia fez um jogo apagado e acabou substituído no segundo tempo por Hyoran, ouvindo algumas vaias ao sair do campo. Irritou a torcida principalmente a postura passiva ao perder a bola ou errar um passe, lamentando a jogada em vez de correr imediatamente para se recuperar.

Willian empata com 200º gol alviverde no Allianz

O cabeceio consciente de Willian marcou o 200º gol palmeirense no novo Allianz Parque e acalmou um jogo que se encaminhava para o nervosismo. Os primeiros minutos do segundo tempo tiveram um Palmeiras agudo e acelerado, criando mais do que em toda a primeira etapa. Mas foi na categoria que o empate saiu: Marcos Rocha foi acionado na direita, tocou de cabeça para o meio e viu Willian cabecear no cantinho. Daí em diante, a partida voltou a ficar morna e assim permaneceu até o apito final.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 1 x 1 América-MG

Data: 23 de maio de 2018
Local: Allianz Parque, São Paulo-SP
Hora: 21h45 (de Brasília)
Público: 22.831 pessoas
Renda: R$ 1.241.521,90
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Cartões Amarelos: Lucas Lima e Felipe Melo (Palmeiras); Leandro Donizete e Aderlan (América-MG)
Cartão Vermelho: não houve

Gols: Serginho aos 37 minutos do primeiro tempo. Willian aos 18 minutos do segundo tempo.

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Bruno Henrique e Felipe Melo; Willian (Papagaio), Lucas Lima (Hyoran) e Keno; Deyverson (Guerra). Técnico: Roger Machado

América-MG: João Ricardo; Norberto (Marquinhos), Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Juninho e Leandro Donizete; Aderlan, Serginho (Ruy) e Luan; Rafael Moura (Aylon). Técnico: Enderson Moreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos