Corinthians mantém ascensão, bate Chape e abre vantagem na Copa do Brasil

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

A evolução do Corinthians depois da Copa do Mundo é uma realidade. Nesta quarta-feira (1), a equipe de Osmar Loss chegou à quarta vitória em cinco jogos ao bater a Chapecoense por 1 a 0 em Itaquera. O gol de Romero, protagonista dessa reação pós-Fábio Carille, permitiu aos corintianos abrir vantagem nas quartas de final da Copa do Brasil.

O duelo de volta será em Chapecó, no dia 15, e o Corinthians terá a possibilidade de alcançar a vaga na próxima fase com apenas um empate. Já a Chapecoense segue em situação difícil em 2018 e não sabe o que é vencer desde junho.

Nesta noite em São Paulo, o Corinthians não apenas venceu, mas também teve uma apresentação convincente com bom toque de bola e algumas oportunidades desperdiçadas.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado, contra o Atlético-PR, em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo será em Itaquera, às 21h (de Brasília). Já a Chapecoense enfrenta o Sport na Ilha do Retiro. A partida será disputada no domingo às 19h.

O melhor: Romero

Daniel Vorley/AGIF

O gol marcado de cabeça nesta quarta ratificou a fase iluminada do paraguaio desde a Copa do Mundo. Eram só quatro até a parada no meio do ano, mas já são sete nesses últimos cinco jogos. Com isso, ele chegou a 11 na temporada, deixou Jadson para trás e se tornou o artilheiro isolado da equipe em 2018.

O pior: Osman

Em jogo apático de toda a Chapecoense, o ponteiro esquerdo se destacou negativamente. Ele errou boa parte das poucas jogadas que criou, foi pouco eficiente na marcação e ainda recebeu amarelo por falta dura. O primeiro substituído no jogo por Márcio Araújo.

Gol de cabeça com lançamento de Cássio dá vitória ao Corinthians

Um lançamento de rara felicidade do goleiro para Pedrinho deu início ao gol decisivo da noite. Com bom cruzamento do jovem na cabeça de Romero, que não desperdiçou, o time de Osmar Loss teve o suficiente para ampliar sua sequência vitoriosa.

Pedrinho quase amplia

Aberto à direita, Pedrinho quase ampliou o placar para o Corinthians em uma finalização de fora da área. O meia-atacante cortou para dentro e arriscou um chute com a perna esquerda. A bola explodiu no travessão com o goleiro Jandrei já batido no lance.

Corinthians quebra tabu e mantém a Chape em crise

Daniel Vorley/AGIF

Com três empates por 1 a 1 na história dos confrontos com a Chapecoense em casa, o Corinthians conseguiu enfim sua primeira vitória diante dos catarinenses em São Paulo. O resultado mantém a equipe de Gílson Kleina em sequência negativa: é o sexto jogo seguido sem vencer, com duas derrotas e quatro empates.

Araos estreia com a camisa corintiana

Daniel Vorley/AGIF

O meia chileno Angelo Araos fez a sua estreia pelo Corinthians. Anunciado pelo clube paulista na última segunda-feira, o jogador de 21 anos foi inscrito na Copa do Brasil no mesmo dia e já foi utilizado por Osmar Loss. O atleta entrou no lugar de Jadson para atuar centralizado no meio-campo. Nos acréscimos, o chileno chutou com força de fora da área e quase ampliou o placar em Itaquera.

VAR em Itaquera

O famigerado árbitro de vídeo se fez presença na partida desta quarta-feira - o VAR começou a ser usado nos duelos das quartas de final da Copa do Brasil. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães fez uma consulta ao sistema aos 37 minutos do segundo tempo, ouviu as recomendações da equipe de vídeo e mandou o jogo seguir. No lance, jogadores da Chapecoense pediram toque de mão de Romero na área.

Adriano vê o jogo com Andrés

Reprodução

Amigo do presidente Andrés Sanchez, Adriano Imperador assistiu à partida no camarote da presidência, ao lado do mandatário corintiano. O atacante defendeu o Corinthians entre 2011 e 2012 e foi contratado pelo clube justamente no primeiro mandato do dirigente.

Público em Itaquera segue baixo

Em evolução desde a Copa do Mundo, o Corinthians ainda não conseguiu trazer a torcida junto para os jogos em Itaquera. Depois de 20 mil pagantes contra o Botafogo e 21,1 mil diante do Cruzeiro, o duelo de mata-mata com a Chapecoense levou 23.624 mil pagantes ao estádio. O clube tem reclamado dos horários de suas partidas recentes como um fator negativo.

Início das homenagens

O Corinthians deu início às homenagens ao 108º aniversário do clube, que será comemorado daqui a exato um mês. Uma réplica de lampião foi colocado em um dos setores da Arena Corinthians. Em 1910, cinco operários fundaram o clube sob a luz do objeto no bairro do Bom Retiro.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 0 CHAPECOENSE

Data: 1º de agosto de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Competição: Copa do Brasil (ida das quartas de final)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 23.624 pagantes (total: 23.879)
Renda: R$ 931.506,17
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Alessandro Rocha de Matos (BA)
Cartões amarelos: Douglas, Jadson e Marquinhos Gabriel (Corinthians); Amaral e Osman (Chapecoense)

Gol: Romero, aos cinco minutos do primeiro tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Romero, Pedrinho (Emerson Sheik), Jadson (Araos) e Mateus Vital (Marquinhos Gabriel). Técnico: Osmar Loss

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos e Yann Rolim (Canteros); Bruno Silva (Guilherme), Osman (Márcio Araújo) e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos