Campinense vence o ASA e fatura título inédito da Copa do Nordeste

Do UOL, em São Paulo

O Campinense, grande sensação da competição, já entrou em campo com a vantagem. Após ter vencido o ASA, fora de casa, no jogo de ida, por 2 a 1, um empate bastaria para dar o título inédito da Copa do Nordeste ao estado da Paraíba. Mesmo assim, o Campinense mostrou superioridade técnica e venceu também o jogo da volta, por 2 a 0, neste domingo, no estádio Governador Ernani Sátyro, para um ótimo público de 19.800 pagantes.

Apesar da derrota, essa é a melhor campanha da história do ASA na competição, que assim como o Campinense, jamais havia chegado na final. Esta foi a décima edição Copa Nordeste, que começou em 1976. Durante muitos anos a competição não foi disputada. Dos dez troféus, sete ficaram no estado da Bahia (5 títulos para o Vitória e 2 para o Bahia).

A final foi considerada uma zebra, pois equipes de grande tradição foram eliminadas no caminho. Na semifinal, o Campinense passou pelo Fortaleza, enquanto o ASA eliminou o Ceará.

No início da partida, e mesmo com a vantagem, o Campinense não se intimidou e, embalado pela torcida, adotou uma postura ofensiva. O ASA também atacava, porém mais timidamente. O placar só se alterou no início do segundo tempo, quando Jeferson Maranhense abriu o marcador aos dois minutos e deixou os donos da casa numa situação bastante confortável. Para acabar com as esperanças da equipe de Arapiraca, Ricardo Maranhão fez o segundo do Campinense aos 34 minutos e decretou a vitória por 2 a 0 e o título de campeão da Copa do Nordeste de 2013.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos