Bahia sai na frente, mas Sport reage na Ilha e busca empate na 1ª decisão

Do UOL, em Santos (SP)

  • Clélio Tomaz/AGIF

    De volta após lesão, Diego Souza não esteve em suas melhores noites

    De volta após lesão, Diego Souza não esteve em suas melhores noites

Tudo aberto para a segunda decisão da Copa do Nordeste. Em duelo eletrizante disputado na noite desta quarta-feira (17), na abarrotada Ilha do Retiro, o Sport saiu atrás do Bahia, após golaço de Juninho, mas o prata da casa Juninho mostrou estrela e empatou a primeira final por 1 a 1.

O segundo jogo da decisão está marcado para a próxima quarta-feira, dia 24, na Arena Fonte Nova. Como fez um gol fora de casa, o Bahia joga por um empate sem gols para conquistar o seu terceiro título da Copa do Nordeste. Igualdade com dois gols ou mais garante ao Sport a sua quarta taça do torneio regional. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

O melhor: Juninho (Sport)

Entrou na etapa final e colocou fogo no jogo. Ainda marcou o gol que garantiu o empate ao Sport e reacendeu a Ilha do Retiro. Fez o seu sexto gol pelo time profissional em 2017.

O pior: Diego Souza (Sport)

Principal estrela do Sport, Diego Souza não rendeu o que pode nesta noite. Ausente nos últimos três jogos por conta de uma lesão, o meia sentiu falta de ritmo e mais errou do que acertou na partida.

Gol anulado e pênalti polêmicos. Azar do Bahia...

O Bahia poderia ter balançado as redes duas vezes ainda na etapa inicial, mas as interpretações do árbitro e do assistente em dois lances específicos acabaram beneficiando os donos da casa. Aos 36min, Magrão saiu de carrinho em cima de Allione, que caiu dentro da área. O juiz mandou o jogo seguir. Já aos 43min, Zé Rafael finalizou cruzado de dentro da área, a bola passou por Renê Júnior e foi para as redes. O assistente, porém, interpretou que o jogador tricolor, que estava em posição de impedimento, atrapalhou o goleiro Magrão.

Sport domina 1ºT, mas falha na pontaria

Apesar do gol anulado e do pênalti polêmico não marcado, o Bahia criou pouco na etapa inicial e viu o Sport, empurrado pela torcida, dominar o primeiro tempo. O time rubro-negro criou pelo menos três grandes chances de abrir o placar: uma cabeçada de Matheus Ferraz que bateu na trave, um voleio de Rogério que passou muito perto e outro chute do atacante que passou rente à trave do gol de Jean.

Bahia abre o placar no 2ºT, e Ney Franco ouve 'burro'


O Bahia voltou melhor no segundo tempo. Acertou a marcação, passou a aproveitar bem os espaços oferecidos pelo Sport e, aos 11min, abriu o placar em uma boa jogada. Matheus Reis cruzou, Edigar Junio ajeitou e Juninho soltou a bomba, no ângulo. 1 a 0. Os gritos de 'burro' a Ney Franco, que já eram ouvidos até antes do gol, intensificaram-se na Ilha do Retiro. E foram crescendo a cada passe errado do Sport. Festa tricolor na Ilha do Retiro.

Juninho reacende a Ilha do Retiro com gol de cabeça


Prata da casa do Sport, Juninho mostrou mais uma vez nesta noite que tem grande potencial para ajudar o time rubro-negro na sequência da temporada. Ele entrou aos 10min do segundo tempo na vaga de Everton Felipe e comandou a reação do Sport. Foi premiado com um gol de cabeça, no qual apareceu na primeira trave e desviou de cabeça uma cobrança de escanteio.

Sport é recebido com festa... e que festa!


A torcida do Sport recebeu o time na Ilha do Retiro com uma enorme festa. Sem parar de gritar e cantar, os rubro-negros deram um show na chegada do ônibus ao estádio.

SPORT 1 X 1 BAHIA

Local: Ilha do Retiro, Recife
Data: 17/5/2017 (quarta-feira)
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Auxiliares: Flavio Gomes Barroca (RN) e Pedro Jorge Santos de Araujo (AL)
Público/renda: 26.685 presentes/R$ 557.825,00
Cartões amarelos: Durval e Diego Souza (Sport); Matheus Reis e Renê Júnior (Bahia)
Gols: Juninho, aos 11min do primeiro tempo; Juninho, aos 35min do segundo tempo

SPORT
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Raul Prata; Ronaldo, Fabrício e Diego Souza; Everton Felipe (Juninho), Rogério e André
Técnico: Ney Franco 

BAHIA
Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales (Feijão), Renê Júnior, Juninho, Zé Rafael (Maikon Leite) e Allione (Gustavo); Edigar Junio
Técnico: Guto Ferreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos