Vivo em todos mata-matas, Sport inicia decisão contra o Bahia na Ilha

Do UOL, em Santos (SP)

O Sport ainda não sabe o que é perder um mata-mata na temporada. Vivo em todos os campeonatos que disputa, o time pernambucano inicia nesta quarta-feira (17) um dos duelos que podem valer seu primeiro título em 2017: o da Copa do Nordeste. O adversário é o embalado Bahia, que estreou com uma goleada história por 6 a 2 sobre o Atlético-PR no Campeonato Brasileiro, e o primeiro confronto acontece na Ilha do Retiro, às 21h45.

O Sport disputou até aqui oito mata-matas em 2017 (sendo cinco já com o técnico Ney Franco), e passou por todos eles: CSA-AL, Sete de Dourados-MS, Boa Vista-RJ e Joinville, pela Copa do Brasil, Santa Cruz e Campinense-PB pela Copa do Nordeste, Danubio pela Copa Sul-Americana, e Náutico nas semifinais do Campeonato Pernambucano.

Tricampeão da Copa do Nordeste (1994, 2000 e 2014), o Sport tenta agora igualar a marca do Vitória, maior vencedor da competição regional, com quatro conquistas. Mas para isso terá pela frente outro time de Série A, que inclusive iniciou o campeonato goleando o Atlético-PR por 6 a 2 na Fonte Nova, palco do jogo de volta da fina da Copa do Nordeste, dia 24 de maio.

Mas se por um lado vem bem nos mata-matas, a atual fase do Sport não é das melhores. Levou uma goleada da Ponte Preta (4 a 0) na estreia do Brasileirão e por pouco não deixou escapar a classificação na Sul-Americana ao perder por 3 a 0 do Danúbio no Uruguai.

"Quando o time precisa mesmo vencer, mostra que tem condições. Isso dá a esperança de acreditar que somos capazes de fazer bons jogos. Mas, para isso, a gente tem que ralar e ter uma concentração maior", afirmou o goleiro Magrão em coletiva na última segunda-feira (15).

Já o Bahia, dono de dois títulos da Copa do Nordeste, tenta igualar o Sport e ainda encostar em seu maior rival no número de conquistas do torneio regional. E sabe que, para isso, não pode levar em conta a empolgação pela goleada e muito menos a atual má fase do Sport.

"Existe um lado mental deles de preocupação. Mas toda dificuldade gera mobilização. E dependendo do nível de mobilização eles podem encontrar o time deles. Pode gerar soluções. E nós temos que ir para lá cientes do que vai acontecer, do ambiente que vamos encontrar. Temos que jogar da maneira que estamos jogando, de forma intensa, marcando forte, tirando espaços deles", alertou o técnico tricolor Guto Ferreira.

Os times

Para esta partida, o técnico Guto Ferreira não poderá contar com seis jogadores: o zagueiro Jackson e o atacante Hernane, por lesão, além do lateral Armero, do volante Edson e do meia Régis, todos suspensos – Lucas Fonseca segue como dúvida. Já Ney Franco conta com a volta do craque Diego Souza, mas não terá à disposição o volante Rithely, expulso na semifinal.

SPORT X BAHIA

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 17/05/2017 (quarta-feira)
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Pedro Jorge Santos de Araújo (AL)

SPORT
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Raul Prata; Ronaldo, Fabrício, Rodrigo (Everton Felipe); Diego Souza, Rogério e André
Técnico: Ney Franco

BAHIA
Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Juninho e Diego Rosa; Zé Rafael, Allione e Edigar Junio
Técnico: Guto Ferreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos