Emprestado pelo Sport, Régis é craque do rival Bahia no Nordestão

Roberto Oliveira

Colaboração para o UOL, em Recife

  • Felipe Oliveira/Bahia

    Régis é o artilheiro da Copa do Nordeste com 6 gols

    Régis é o artilheiro da Copa do Nordeste com 6 gols

Um personagem da decisão da Copa do Nordeste entre Sport e Bahia, nesta quarta-feira (24), às 21h45 na Arena Fonte Nova, chama a atenção. Destaque do tricolor baiano e artilheiro da Copa do Nordeste, o meia Régis  tem contrato com o rubro-negro pernambucano.

Após passagem apagada pelo Palmeiras em 2016, ele foi emprestado ao Bahia até o fim deste ano, em acordo com valor de compra estipulado. Com seis gols na Copa do Nordeste (nove na temporada), Régis ganhou a vaga no meio-campo de Renato Cajá, brilhou nas semifinais do torneio nos clássicos contra o Vitória e já é visto como craque do time pelo torcedor baiano.

"Fico feliz pelo reconhecimento, pelo carinho do torcedor. É o melhor momento da minha carreira. Chegando em uma decisão, sendo olhado com outros olhos pelo torcedor e pela imprensa. Mas nada disso será importante sem o título. Nosso foco está totalmente no jogo. Pode ter certeza que vamos forte para conquistar", afirmou em entrevista coletiva nesta terça (23), após treino preparatório para a decisão.

Régis disse não ter tido muitas oportunidades no concorrido elenco do Palmeiras, onde fez apenas quatro jogos, mas acredita ter encontrado seu melhor futebol com a camisa do Bahia.

"No Palmeiras, não tive sequência, não tive muitas oportunidades. O Bahia me abriu as portas, fui muito bem recebido por todos, sem exceção. Não posso deixar de enaltecer o trabalho do professor Guto [Ferreira], da comissão, que tem me ajudado bastante. E meus companheiros. Sem eles não tem como me destacar nas partidas", explicou.

Mesmo tendo deixado o Sport rumo ao Palmeiras após o término do Brasileirão 2015, Régis destacou que seu conhecimento do elenco rival pode ajudar o Bahia na conquista da Copa do Nordeste.

"Eu conheço a grande maioria do elenco do Sport. Tem grandes jogadores. Procuro conversar com meus companheiros para orientar sobre o posicionamento de alguns deles. O foco é na nossa equipe, fazer o nosso trabalho, jogando o que temos jogado em casa, certeza que vamos fazer um grande jogo."

Suspenso devido à expulsão durante comemoração de gol contra o Vitória na semifinal do Nordestão, o meia de 24 anos não pôde jogar a partida de ida contra o Sport na Ilha do Retiro. Agora, ele vive a expectativa do título diante da Fonte Nova lotada e disse estar pronto para voltar à equipe. Embora Guto Ferreira não tenha confirmado sua volta ao time titular, é difícil imaginar o Bahia sem seu melhor jogador na decisão.  

"Infelizmente fiquei fora da primeira final lá em Recife, por conta de um cartão que levei na comemoração. Fui poupado do jogo de domingo, contra o Vasco. Estou pronto para entrar em campo amanhã e procurar fazer um grande jogo com a minha equipe. A euforia da torcida vem desde que abriu a bilheteria para venda de ingressos. Esgotou em três dias. Vão nos apoiar, com certeza."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos