Com direito a gritos de 'olé', Atlético-MG dá vexame e está fora da Copinha

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Atlético-MG do técnico Diogo Giacomini foi eliminado na Copinha com uma vitória, um empate e uma derrota

    Atlético-MG do técnico Diogo Giacomini foi eliminado na Copinha com uma vitória, um empate e uma derrota

Com um ponto a mais do que a desconhecida Desportiva Paraense-PA, o Atlético-MG precisa de apenas um empate para avançar no grupo 22 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mas com uma atuação muito ruim e com diversos erros individuais o time mineiro acabou derrotado por 3 a 0, gols de Douglas Santos, Marco Antônio e Leandro, e está eliminado.

Além da Desportiva-PA a outra equipe classificada na chave disputada em Bragança Paulista é de Minas Gerais. O Araxá avançou e na segunda colocação. Os classificados ficaram seis pontos, mas vantagem foi da Desportiva que terminou com um saldo de gols melhor (2x1). Na próxima fase a Desportiva enfrenta o Bahia, enquanto o Araxá joga contra o Taubaté. Já o Atlético ficou na terceira colocação, com quatro pontos e aumenta em mais um ano seu jejum na competição. Tricampeão do torneio, o Atlético não vence a Copinha desde 1983.

A vantagem de jogar pelo empate não deu segurança ao time comandado por Diogo Giacomini. O Atlético começou a partida bastante nervoso e logo aos cinco minutos a defesa e o goleiro Cleiton bobearam na frente do atacante Douglas Santos. O camisa 9 da Desportiva aproveitou a indefinição do arqueiro atleticano, que demorou a sair do gol, e abriu o placar.

O que se viu a partir de então foi um Atlético em cima, mas sem criar boas oportunidades. O goleiro Weslley, da equipe adversária, pouco trabalhou. Enquanto os zagueiros atleticanos eram sistematicamente incomodados com os rápidos contra-ataques da Desportiva. O primeiro tempo terminou com o meia Thalis cobrando muito mal uma falta na entrada da área.

A etapa final começou com ainda mais pressão do Atlético e ainda mais espaço para os contra-ataques da Desportiva. Mas o goleiro Weslley seguia com pouco trabalho, além de contar com a sorte numa cabeçada de Capixaba, que bateu no travessão. Foi também no travessão que Marco Antônio chutou aos 25 minutos. O próprio meia pegou a sobra, sofreu a falta e marcou um golaço na cobrança, no minuto seguinte.

Com 2 a 0 no placar e pouco menos de 20 minutos para tentar empatar, a missão do Atlético ficou ainda mais complicada aos 27 minutos. Logo após o segundo da Desportiva o meia Thalis agrediu um adversário e levou o cartão vermelho. Com um a menos e precisando de dois gols, o Atlético terminou a Copinha 2016 eliminado escutando a torcida presente no Estádio Nabi Abi Chedid gritando 'olé' nos minutos finais. Vexame que ficou completo com o terceiro gol da Desportiva, em pênalti cobrado por Leandro, já nos acréscimos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos