Vasco sucumbe à jogada aérea do São Carlos e é eliminado da Copinha

Do UOL, no Rio de Janeiro

Com um time de baixa estatura, o Vasco não resistiu ao "bombardeio aéreo" do São Carlos, perdeu por 1 a 0 nesta quinta-feira, e deu adeus à Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A equipe cruzmaltina dominou as ações durante todo o jogo, mas encontrou dificuldades para furar o bloqueio dos paulistas. O trio ofensivo formado por Robinho, Paulo Victor e Felype Hebert até se movimentava bastante, mas pecava no passe final.

No primeiro tempo, as principais oportunidades foram com Robinho, em chute à queima-roupa defendido pelo goleiro Kelvin, e com João Victor, em bela cobrança de falta em que a bola caprichosamente bateu no travessão.

Aos 9 minutos do segundo tempo, porém, Neto cobrou escanteio e Léo Machado subiu mais alto que a zaga vascaína para, de cabeça, fazer o 1 a 0 para a equipe da casa.

Nas oitavas de final, o São Carlos enfrentará o Paulista, que bateu o RB Brasil por 1 a 0.

Sinalizadores

Após o gol do São Carlos, o jogo ficou paralisado por cerca de três minutos em virtude de sinalizadores que foram acesos na torcida do time da casa. A arbitragem solicitou que a Polícia Militar fosse até o local identificar os autores da ação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos