Corinthians sofre, mas supera Sport nos pênaltis e segue em busca do bi

Do UOL, em São Paulo (SP)

O Corinthians sofreu, mas avançou para a terceira fase da Copa São Paulo. Com colaboração decisiva do goleiro Diego, o clube alvinegro venceu o Sport por 4 a 1 nos pênaltis, em Araraquara, e se manteve vivo na briga pelo bicampeonato. Durante o tempo regulamentar, os dois times empataram por 1 a 1 – gols de Fabrício Oya (Corinthians) e João Erick (Sport).

O clube alvinegro acelerou o ritmo no início de partida para curar rapidamente a má impressão deixada pelo empate contra a Ferroviária. O time comandado por Coelho pressionou o Sport e rapidamente abriu o placar em Araraquara. O meia Fabrício Oya, tratado como principal jogador do time, cobrou falta com categoria aos 13min e deslocou o goleiro do Sport.

O gol permitiu ao Corinthians ser mais cauteloso e buscar um jogo mais seguro. O ritmo mais lento derrubou a intensidade da equipe corintiana, que aos poucos cedeu espaços e viu o Sport crescer, especialmente a partir do intervalo. A vantagem mínima satisfez o time alvinegro, que se fechou e levava perigo apenas nas bolas paradas de Fabrício Oya.

O castigo pela queda de intensidade corintiana veio aos 32min. A arbitragem marcou pênalti para a equipe rubro-negra após a bola bater no braço de João. Do lado do Sport, João Erick bateu com categoria, superou o goleiro corintiano e inaugurou uma nova fase na partida.

O empate encorajou o time pernambucano, que ensaiou uma pressão e quase virou a partida. O Corinthians aos poucos se reorganizou e buscou a vitória no fim, especialmente com Fabrício Oya. O camisa 10 arriscou chute da entrada da área e viu a bola passar perto da trave esquerda já nos acréscimos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos