São Paulo conta com show de artilheiro e avança na Copinha

Do UOL, em São Paulo

  • Thiago Calil/AGIF

    Gabriel Novaes já tem seis gols e briga para ser artilheiro da Copa São Paulo

    Gabriel Novaes já tem seis gols e briga para ser artilheiro da Copa São Paulo

O São Paulo bateu o Rio Claro por 3 a 0 na noite desta sexta-feira e, assim, garantiu vaga na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A partida, disputada na Fonte Luminosa, em Araraquara, teve os atacante Antony, com duas assistências, e Gabriel Novaes, com três gols, como grandes destaques.

Com os três tentos, aliás, Novaes segue firme na luta como artilheiro da competição. O camisa 9 do Tricolor já balançou as redes sete vezes em quatro confrontos. A próxima oportunidade para o goleador entrar em ação será contra a Ferroviária, em tira-teima de um duelo que já aconteceu na fase de grupos e acabou empatado por 2 a 2 - na ocasião, a equipe do interior comemorou o resultado e o primeiro lugar do Grupo 8. O reencontro dos times será novamente em Araraquara, após a Ferroviária viajar para eliminar o Velo Clube.

VEJA MAIS:
- Pablo estreia e fica com "boa impressão do time"
- Liziero mostra que pode ser chave para enterrar fantasma
- São Paulo começa a mostrar sua cara, diz Jardine

A atuação desta sexta foi a melhor do São Paulo na Copinha. Os comandados de Orlando Ribeiro mostraram evolução defensiva, minimizando a quantidade de contra-ataques sofridos e a exposição dos zagueiros Tuta e Morato. A dupla, inclusive, pareceu levar mais a sério o jogo, depois dos vacilos do empate com a Ferroviária.

Mas o grande diferencial esteve mesmo em Antony. O atacante não ficou preso à ponta direita, como nas outras partidas, e recebeu mais liberdade para recuar e armar o Tricolor. Foi um antídoto de Orlando Ribeiro para o desfalque de Gabriel Sara, cortado da Copinha por lesão. A ideia funcionou e deixou a marcação do Rio Claro perdida.

Thiago Calil/AGIF
Antony foi o melhor do Tricolor contra o Rio Claro na segunda fase da Copinha

O goleiro Romário precisou trabalhar muito ao longo da primeira etapa, principalmente em chutes de fora da área. Rodrigo Nestor, outro que teve boa jornada, assinou as finalizações mais perigosas. Só que quando Antony foi ao fundo, Romário ficou vendido e só pôde lamentar os dois lances de oportunismo de Gabriel Novaes na pequena área. Os gols do artilheiro saíram aos quatro e aos 30 minutos da etapa inicial.

No segundo tempo, o Rio Claro tentou se lançar para o ataque e obrigou o goleiro Thiago Couto a trabalhar pela primeira vez. Foi em pancada de Marcos, de fora da área, aos 14 minutos. Só que o São Paulo devolveu logo no lance seguinte, quando Antony cruzou, Fabinho desviou e João Pedro salvou em cima da linha.

O Rio Claro voltou a incomodar com Luan, aos 34 minutos, que finalizou cara a cara com Thiago Couto e lamentou a defesa do goleiro tricolor e também a marcação de impedimento. Para piorar, o Tricolor fechou a conta na sequência. Vitinho, acionado por Orlando Ribeiro para ser o ponta direita, avançou até a linha de fundo e cruzou rasteiro para o dono da noite, Gabriel Novaes, marcar o terceiro.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos