Topo

Futebol


Capitão do Corinthians manda apoio a Fessin e pede "erro zero" na Copinha

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Imagem: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

2019-01-12T04:00:00

12/01/2019 04h00

Um dos pilares da equipe sub-20 do Corinthians, Ronald exerce a função de capitão do time que disputa a 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O zagueiro toma a frente para dar apoio ao lesionado Fessin, que quebrou a perna no último jogo da Copinha, e pede o Alvinegro concentrado a partir da segunda fase da competição.

"Todos ficamos muito tristes. O Fessin é muito querido por todo o grupo, e a saída dele da Copinha é uma perda enorme", lamenta Ronald, em conversa com o UOL Esporte. "Foi um susto grande para todos nós, porque sabemos que é um lance que pode acontecer com qualquer jogador. Mandamos uma camisa autografada para ele e sabemos que ele estará sempre na torcida por nós", diz o defensor, referindo-se às mensagens de apoio que os jogadores enviaram a Fessin

Ronald sabe exatamente como é passar por uma lesão grave no início da carreira. O zagueiro deu a volta por cima após sofrer lesão ligamentar no joelho, em 2016, e tornou-se referência na zaga alvinegra mesmo após ter ficado vários meses afastado do futebol. Tendo passado por tal experiência, o defensor aconselha Fessin a ter paciência.

"Ele é bem tranquilo, então pedir calma seria até repetitivo. O Corinthians está dando todo o suporte para ele, como fez comigo. Ele só precisa se cuidar bem, conforme a orientação do departamento médico, porque logo estará de volta", projeta Ronald.

Após o susto pela lesão do companheiro, Ronald entende que o Corinthians precisa focar no que acontece em campo. O capitão cobra maior atenção a partir da segunda fase, quando a Copinha vira mata-mata e qualquer deslize pode ser fatal. "Sabemos que precisamos seguir trabalhando para melhorar para os próximos jogos. Agora não temos margem para erros e precisamos estar no nosso melhor nível para seguir na competição", afirma.

O zagueiro não esteve no empate por 2 a 2 contra o Ituano por conta de dores nas costas, mas deve voltar à equipe às 21h30 (de Brasília) deste sábado (12). O Corinthians enfrenta o Porto-PE no estádio Novelli Júnior, em Itu-SP. O vencedor avança para pegar Red Bull Brasil ou Ituano na fase 16-avos de final.

Mais Futebol