! Vaga na Libertadores faz Atlético-MG valorizar Copa Sul-Americana - 04/08/2010 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
04/08/2010 - 07h20

Vaga na Libertadores faz Atlético-MG valorizar Copa Sul-Americana

Gustavo Andrade
Em Vespasiano (MG)
  • Jairo Campos crê que Atlético tem elenco para brigar tanto na Sul-Americana quanto no Brasileiro

    Jairo Campos crê que Atlético tem elenco para brigar tanto na Sul-Americana quanto no Brasileiro

O Atlético-MG inicia nesta quarta-feira, contra o Grêmio Prudente, sua quinta participação na Copa Sul-Americana com visão da competição internacional muito diferente daquela que apresentou na última temporada. Motivado pela possibilidade de obter vaga na Copa Libertadores, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo tem oportunidade de se desligar da campanha ruim no Campeonato Brasileiro.

Na lista de 25 atletas inscritos na Copa Sul-Americana divulgada pelo clube estão as principais estrelas do elenco. A exceção é o zagueiro Réver, que ainda não está regularizado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e não foi inscrito. A utilização da equipe titular na Copa Sul-Americana como acontecerá desta vez não ocorreu em 2009.

Na última temporada, por um consenso entre o então treinador Celso Roth e o presidente Alexandre Kalil, o Atlético inscreveu apenas reservas e atletas da equipe júnior na Sul-Americana, já que priorizava a disputa do Campeonato Brasileiro. Depois o confronto com o Goiás ser aberto com um empate em 1 a 1 no Mineirão, o placar foi repetido no Serra Dourada e a equipe alvinegra foi eliminada nos pênaltis.

A queda seguiu o retrospecto de eliminações ainda na primeira fase que marca a trajetória do Atlético na Copa Sul-Americana. O time mineiro jamais chegou a enfrentar um adversário estrangeiro na competição, pois não conseguiu superar as equipes brasileiras que encontrou no primeiro estágio da competição. Com Vanderlei Luxemburgo, a equipe alvinegra tenta quebrar essa sina e voltar a disputar a Libertadores em 2011, depois de 11 anos da última participação.

Pela primeira vez desde a criação da Copa Sul-Americana, a competição dará uma vaga à Copa Libertadores para o campeão. Esse é um fator que faz os jogadores atleticanos a encararem o torneio com maior motivação. Campeão da última edição defendendo a LDU, o zagueiro equatoriano Jairo Campos ressaltou que a equipe equatoriana não se classificou para a Libertadores de 2010.

“No ano passado não garantia vaga para a Libertadores. Agora temos essa chance e esse é nosso objetivo também. Temos elenco para disputar os dois campeonatos e vamos brigar pelos dois. Vamos começar quarta-feira e tenho certeza que vamos brigar para chegar ao título”, observou.

A conquista da Copa Sul-Americana é, assim, uma forma de o Atlético se esquivar da necessidade de uma grande reação no Campeonato Brasileiro para chegar ao grupo de quatro equipes que terão vaga na Libertadores. Com oito derrotas em 12 rodadas, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo terá ainda 26 partidas para deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão e subir na tabela.

“As equipes brasileiras sempre têm intenção de ter o título e vaga para a Libertadores. Essa é a meta principal do Campeonato Brasileiro. Tendo essa possibilidade da Sul-Americana, num caminho mais curto, tenho certeza que as equipes brasileiras vão procurar aproveitar oportunidade de ter uma chance na Libertadores. É por isso que não se pode mais desprezar a Sul-Americana como foi no ano passado e tem que valorizar, sim, essa competição”, destacou o atacante Diego Tardelli.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host