! Grêmio e Goiás empatam em estreia na Sul-Americana e adiam recuperação - 05/08/2010 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
ANDRÉ COSTA/AE

Grêmio e Goiás ficaram no 1 a 1 em estreia na Copa Sul-Americana e seguem em crise

05/08/2010 - 21h24

Grêmio e Goiás empatam em estreia na Sul-Americana e adiam recuperação

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Grêmio e Goiás entraram em campo nesta quinta-feira com o objetivo de vencer para espantar a crise. Contudo, o empate em 1 a 1 não foi bom para nenhum dos dois. Mesmo que tenha a vantagem pelo gol marcado fora de casa, o Grêmio segue sem vencer desde a Copa do Mundo e já são nove partidas sem o melhor resultado fora de casa. O Goiás também amarga um longo jejum e lamenta as chances desperdiçadas no primeiro tempo.

O resultado dá certa vantagem ao Grêmio, que se classifica com um empate em 0 a 0 em Porto Alegre, na próxima semana. Se alguém sair vencedor no segundo jogo, este será o classificado.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
6min - Rafael Moura bate de fora da área assustando Victor
11min - Éverton Santos chuta e Victor coloca para escanteio
23min - Cruzamento da direita e Rafael Moura cabeceia para fora
35min - GOOOOLLLL DO GRÊMIO!!!! Cruzamento da esquerda, Maylson escora de calcanhar e Hugo desloca Harlei
SEGUNDO TEMPO
16min - Hugo bate cruzado para fora
18min - Felipe cruza para Pedrão e Victor salva o Grêmio
23min - Fábio Santos, de bicicleta, obriga Harlei a fazer uma linda defesa
32min - GOOOOLLLL DO GOIÁS!!!! Rafael Moura bate pênalti no ângulo e vence Victor

Com a evidente necessidade de vitória para abafar o mau momento, Grêmio e Goiás iniciaram o jogo buscando o ataque. Reflexo disso foi um jogo movimentado, acontecendo praticamente de área a área. As movimentações ofensivas eram claras: o Grêmio buscava os flancos e o Goiás queria jogadas pelo meio.

Sem conseguir penetração na defesa gremista, o Goiás teve suas principais oportunidades de fora da área. Dois chutes fortes, de Éverton Santos e Rafael Moura preocuparam Victor, que precisou intervir para evitar o primeiro gol dos donos da casa. Bernardo, de falta, também obrigou o goleiro do Grêmio e da seleção brasileira a trabalhar.

As movimentações ofensivas do Grêmio se tornaram a cada momento menos frequentes. Tentando a ligação direta entre defesa e ataque, o time de Porto Alegre perdeu o ímpeto de criação e, a partir dos 10 minutos, passou a levar pressão.

Por ironia do futebol, quando o Grêmio era pior na partida e sofria pressão continua do Goiás, Hugo recebeu um toque de calcanhar de Maylson, dominou a bola e deslocou Harlei, abrindo o marcador.

O primeiro tempo foi de domínio quase total do Goiás, e o placar apresentava Vitória para o Grêmio. "Não podemos cometer tantos erros", analisou Éverton Santos, do time de Goiânia.

Grêmio melhora no segundo tempo, mas leva gol

Silas percebeu a má atuação do sistema ofensivo do Grêmio no primeiro tempo. Para mudar este quadro, o treinador propôs a entrada de André Lima na vaga de Borges. Com um centroavante de ofício, o time de Porto Alegre melhorou e o jogo ganhou em movimentação.

Aos 28 minutos do segundo tempo, o Goiás chegou a empatar. Júnior cruzou da esquerda e o assistente Márcio Santiago assinalou impedimento de Pedrão, que empurrou para a rede. O gol anulado gerou muitas reclamações dos goianos.

Três minutos depois do gol anulado, Fábio Santos cometeu pênalti em jogada rápida do Goiás. Rafael Moura converteu com tranquilidade e empatou a partida.

Depois do gol, Goiás e Grêmio buscaram o ataque de forma desorganizada. O resultado não foi alterado e acabou mantendo a crise nas duas equipes. Desde a Copa do Mundo, o Grêmio empatou cinco jogos e perdeu um. Enquanto isso, os goianos perderam três e empataram três.

Wellington Monteiro cruzou para defesa firme de Victor na última chance da partida. Com o erro e a lamentação da torcida local, o apito final do árbitro definiu o 1 a 1.

De volta ao Brasileiro no final de semana, o Grêmio enfrenta o Fluminense, domingo, às 16h, no Olímpico. Já o Goiás joga contra o Palmeiras, também domingo às 16h. No certame nacional, o Goiás é décimo sétimo e o Grêmio é décimo oitavo.

GOIÁS 1 X 1 GRÊMIO

GOIÁS
Harlei; Carlos Alberto (Romerito), Toloi, Ernando e Júnior; Jonílson, Amaral, Wellington Monteiro e Bernardo (Pedrão); Éverton Santos (Felipe) e Rafael Moura
Técnico: Emerson Leão

GRÊMIO
Victor; Rodrigo, Rafael Marques e Ozeia; Maylson (Edílson), Adílson, Ferdinando, Douglas e Hugo (Fábio Santos); Jonas e Borges (André Lima)
Técnico: Silas

Data: 5/8/2010 Quinta-feira
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Hilton Rodriguez e Márcio Santiago (ambos cariocas)
Público: 2.453 pagante
Renda: R$ 36.040,00
Cartões amarelos: Adílson (GRE), Fábio Santos (GRE)
Gols: Hugo, do Grêmio, aos 35 minutos do primeiro tempo;Rafael Moura, do Goiás, aos 32 minutos do segundo tempo;

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host