! Palmeiras vê na Copa Sul-Americana sua chance de projeção em 2010 - 06/08/2010 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
06/08/2010 - 09h01

Palmeiras vê na Copa Sul-Americana sua chance de projeção em 2010

Renan Cacioli
Da Folhapress
Em São Paulo

O Palmeiras se arma para entrar forte na Copa Sul-Americana, competição que em 2010 ganha corpo ao conceder ao campeão vaga direta à próxima Libertadores. A estreia do time será na próxima quarta-feira, contra o Vitória, em Salvador. Nessa primeira rodada, as equipes brasileiras duelam entre si.

Apesar de o Campeonato Brasileiro ainda estar no início, com 12 rodadas completadas, o torneio internacional de tiro curto é visto no clube com enorme interesse.

‘É um torneio internacional, uma oportunidade de ter mais projeção no cenário sul-americano’’, disse o diretor de futebol Genaro Marino.

Além disso, no Nacional, o Palmeiras segue cinco pontos atrás da zona de classificação para a Libertadores. Faz campanha irregular com 15 pontos conquistados em 36 disputados (41,7%).

‘O Brasileiro ainda está no começo, e os reforços que trouxemos foram para jogar as duas competições’’, ponderou Marino, recorrendo ao discurso tradicional de que o clube não irá priorizar nenhuma dessas competições.

No entanto, o próprio plantel de jogadores deixa transparecer a ansiedade pela estreia na Sul-Americana. ‘Antigamente, os clubes a usavam para testar jogadores. Agora, com a vaga na Libertadores, todos vão disputá-la para vencer’’, disse o volante Edinho, campeão defendendo o Internacional em 2008 -única vez em que um brasileiro ficou com a taça.

Criada em 2002 em substituição à extinta Copa Mercosul, a Sul-Americana acabou agregando os mesmos problemas de sua antecessora. Apesar do atrativo financeiro -algo em torno de US$ 3 milhões para o campeão- para os brasileiros muitas vezes ela transformava-se em um estorvo no meio do ano.

Como bem lembrou Edinho, os grandes que estavam envolvidos na luta por uma vaga na Libertadores na disputa regional acabavam recorrendo a equipes mistas. Ao término do campeonato, ficar como uma das vagas para a Sul-Americana do ano seguinte virou quase sinônimo de prêmio de consolação.

Neste ano, a Conmebol, entidade que rege o futebol na América do Sul, declarou que o primeiro colocado garantiria lugar na próxima Libertadores, o torneio mais cobiçado do continente. Assim, Palmeiras e Vitória, Grêmio Prudente e Atlético-MG (que já jogaram uma vez e ficaram no 0 a 0), Goiás e Grêmio e Avaí e Santos (já garantido na Libertadores com o título da Copa do Brasil), representantes do país em 2010, olharão de maneira diferente para a competição.

‘É um tiro curto que anima. O foco é diferente do Brasileiro’’, disse o também volante Márcio Araújo. Antes, porém, o time pega o Goiás, no domingo, pelo Nacional.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host