Fla sofre com falhas e perde para Figueirense com três gols de Rafael Moura

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Nelson Almeida/AFP

    O atacante Rafael Moura comemora um dos gols do Figueirense contra o Flamengo

    O atacante Rafael Moura comemora um dos gols do Figueirense contra o Flamengo

O Flamengo teve uma estreia infeliz na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira (24). O Rubro-negro se mostrou perdido, sofreu com os erros individuais e perdeu para o Figueirense por 4 a 2. O atacante Rafael Moura fez três gols e Marquinhos completou para o Alvinegro - Alan Patrick e Marcelo Cirino assinalaram para os cariocas. O zagueiro Donatti falhou em dois gols e foi o retrato de uma equipe modificada e que não se achou no confronto pela competição internacional.

Os times se enfrentam novamente na próxima quarta-feira (31), às 21h45, em Cariacica. O Flamengo precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Antes, porém, os comandados de Zé Ricardo têm pela frente a Chapecoense, domingo (28), às 16h, na Arena Condá, pelo Campeonato Brasileiro. No mesmo dia, às 11h, o Figueirense visita o Santos, na Vila Belmiro.

Rafael Moura mostra faro de gol e decide jogo

O atacante do Figueirense voltou a complicar o Flamengo. O He-Man mostrou faro de gol e aproveitou as falhas de Donatti para fazer dois gols no primeiro tempo. Ele ainda apareceu para cabecear e assinalar o terceiro tento na segunda etapa. Rafael Moura foi o nome da partida e o pesadelo do Rubro-negro no Orlando Scarpelli.

Quem vacilou - Donatti

O zagueiro argentino teve uma noite para esquecer. Alejandro Donatti se mostrou inseguro durante todo o jogo e no primeiro tempo cometeu duas falhas com impacto direto no resultado. Ele deixou de subir e marcou mal o cruzamento na primeira delas. Depois, ainda escorregou e entregou a bola de bandeja para Rafael Moura tocar por cobertura na saída de Paulo Victor.

Flamengo derrapa em escalação e fica sem peças para mudar jogo

O Flamengo teve uma das piores atuações do ano e boa parte do desempenho ruim esteve ligada ao time escolhido pelo técnico Zé Ricardo. Dos cinco jogadores escalados no setor defensivo apenas o lateral Chiquinho entrou em campo recentemente. Paulo Victor, Rodinei, Juan e Donatti vinham de considerável período de inatividade. O resultado foi um time totalmente perdido e sem peças no banco para mudar o rumo da prosa. O treinador não teve sucesso e a torcida foi apenas por um prejuízo menor.

Figueirense só precisa aproveitar falhas para resolver partida

A atuação do Flamengo foi tão ruim que o Figueirense não precisou fazer muito para resolver a partida. Bastou aproveitar as falhas proporcionadas pelo sistema defensivo adversário e comemorar a vitória no confronto pela Copa Sul-Americana. Além de Rafael Moura, Marquinhos foi outro destaque dos catarinenses, que têm considerável vantagem na tentativa de avançar na competição internacional.

FIGUEIRENSE 4 X 2 FLAMENGO

Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Auxiliares: Maurício Espinosa (URU) e Nicolas Taran (URU)
Cartões amarelos: Rafael Moura e Marquinhos (Figueirense); Juan, Cuéllar e Ronaldo (Flamengo)
Gols: Rafael Moura, aos 9min e aos 26min do primeiro tempo; Alan Patrick, aos 12min do primeiro tempo; Marquinhos, aos 17min do primeiro tempo; Rafael Moura, aos 2min do segundo tempo; Marcelo Cirino, aos 30min do segundo tempo

Figueirense
Gatito Fernandéz; Ayrton, Werley, Marquinhos e Marquinhos Pedroso; Jackson Caucaia, Elicarlos, Ferrugem (Yago) e Carlos Alberto (Elvis); Lins (Pará) e Rafael Moura
Técnico: Tuca Guimarães

Flamengo
Paulo Victor; Rodinei, Juan, Donatti e Chiquinho; Cuéllar (Ronaldo), William Arão, Alan Patrick e Mancuello (Adryan); Marcelo Cirino (Fernandinho) e Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos