Ábila sai do banco, marca gol da vitória e mantém média de 0,5 por jogo

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Douglas Magno/AFP Photo

    Argentino saiu do banco no segundo tempo e marcou seu oitavo gol na temporada 2017

    Argentino saiu do banco no segundo tempo e marcou seu oitavo gol na temporada 2017

Quando a situação complica no setor ofensivo, o técnico Mano Menezes costuma resolver ao centroavante Ramón Ábila no Cruzeiro. Nesta noite de terça-feira não foi diferente. Com dificuldades para passar pelo Nacional-PAR, na estreia da Sul-Americana, o argentino foi novamente chamado pelo comandante e resolveu a partida no Mineirão. Com um gol que misturou raça e oportunismo, o jogador marcou o gol da virada que garantiu a vitória mineira no jogo da ida. Na saída de campo, o atacante valorizou o triunfo celeste.

"O resultado é bom. Quando se joga um torneio dessa característica, com equipes muito fortes, é sempre muito difícil, em uma competição internacional. Foi um bom resultado, não importa se por pouca ou muita diferença de gols", comentou o jogador, em entrevista ao canal Sportv.

Apesar de ter sido titular em apenas quatro dos 13 jogos em que participou no ano, Ábila segue firme na briga pela artilharia do Cruzeiro na temporada. O gol marcado no Mineirão foi seu oitavo no ano (Sóbis é o principal goleador, com nove). Ao todo, o atacante já soma 21 tentos em 42 jogos desde que chegou ao clube.

"Quando se joga Libertadores, Sul-Americana, os times são fortes, as partidas são brigadas. Tem que lutar o tempo inteiro pela bola. Estou treinando bem, me sentindo bem, os companheiros têm confiança em mim, tenho que marcar os gols", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos