Sem Lugano e Maicon, suspensos, SP vai de Lucão em estreia na Sul-Americana

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON ALMEIDA / AFP

    O zagueiro Lucão tem no currículo a experiência de jogar a Libertadores

    O zagueiro Lucão tem no currículo a experiência de jogar a Libertadores

Rogério Ceni teve uma série de problemas na hora de montar a sua equipe para a estreia do São Paulo na Copa Sul-Americana. Por carregarem suspensões da Libertadores, Maicon, Lugano e Wesley não podem enfrentar o Defensa y Justicia, às 19h15, na Argentina. Por isso, Lucão deve ganhar uma chance para formar a dupla de zaga com Rodrigo Caio. 

O beque de 21 anos disputou apenas duas partidas oficiais nesta temporada: o empate por 1 a 1 com o Botafogo e a vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo. Ainda assim, ele é um dos jogadores com mais atuações com a camisa do clube dentro do elenco. Profissionalizado em 2013, ele disputou 83 jogos pelo Tricolor e marcou dois gols. Com essa bagagem, já sabe até quais dificuldades deve enfrentar na competição continental. 

"É um jogo diferente [do Paulista]. Principalmente se você joga com times argentinos, que são cascudos e chatos na hora da marcação. É um estilo de jogo muito diferente do brasileiro, parecido com o da Libertadores", comparou Lucão. 

O fato de poder reeditar a dupla com Rodrigo Caio também facilita a readaptação de Lucão. Os dois se conhecem desde os tempos da categoria de base. "Meu entrosamento com ele é muito simples e tranquilo. Tanto dentro de campo quanto fora. A gente até divide o quarto nas concentrações e nas viagens. Desde a base a gente se conhece muito bem. Então, sabemos a forma de o outro jogar e de se comportar. Acho que isso facilita e ajuda bastante para termos esse entrosamento", destacou o zagueiro. 

No meio de campo, Rogério Ceni também tem um desfalque importante. Em recuperação de um estiramento na coxa esquerda, o meia Cueva não foi relacionado.

Ficha técnica 

Defensa y Justicia x São Paulo 

Copa Sul-Americana 
Local:
 estádio La Fortaleza, em Lanús, na Argentina 
Horário:  19h15 (de Brasília) 
Árbitro: Jesus Valenzuela (Venezuela) 
Auxiliares: Luís Sanchez e Tulio Moreno (ambos da Venezuela) 
Defensa y Justicia: Gabriel Arias; Hugo Silva, Mariano Bareiro e Alexander Barboza; Ignacio Rivero, Gonzalo Castellani, Leonel Miranda, Jonás Gutiérrez e Rafael Delgado; Agustín Bouzat e Juan Kaprof. Técnico: Sebastián Beccacece 
São Paulo: Denis, Buffarini, Rodrigo Caio, Lucão e Junior Tavares; Jucilei, João Schmidt e Thomaz; Wellington Nem, Chávez e Pratto. Técnico: Rogério Ceni.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos