Corinthians admite pouco conhecimento do próximo rival na Sul-Americana

Rodrigo Mattos

Do UOL, em Assunção (Paraguai)

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Alessandro, gerente de futebol do Corinthians, foi representante na Conmebol

    Alessandro, gerente de futebol do Corinthians, foi representante na Conmebol

O gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, admitiu que sua equipe conhece pouco do próximo adversário na Copa Sul-Americana. O sorteio colocou a equipe brasileira para enfrentar o Patriotas, da Colômbia.

Em entrevista ainda na sede da Conmebol, minutos após o sorteio, o dirigente afirmou que ainda começará a pesquisar sobre o adversário.

"Nós vamos começar a trabalhar agora para abastecer o técnico com as informações do adversário", afirmou.

O Patriotas subiu à primeira divisão da Colômbia em 2011 e tem pouca expressão nacional. O estádio da equipe tem capacidade máxima para 20 mil pessoas. Segundo os corintianos, a cidade fica a no máximo três horas de Bogotá.

Alessandro lembrou que times pequenos já eliminaram os de grande expressão recentemente em outras competições sul-americanas.

"Em algum momento, isso (o histórico de zebras) pode nos servir de alerta. Mas nós vamos pesquisar o time primeiro para poder saber", completou.

Alessandro procurou representantes do Patriota para conversar sobre o encontro, mas o time colombiano não enviou ninguém à sede da Conmebol, segundo a direção corintiana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos