Carille cita dificuldades do Corinthians na Colômbia e põe culpa no gramado

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / Luis Acosta

    Carille orienta os jogadores durante a partida na Colômbia

    Carille orienta os jogadores durante a partida na Colômbia

O técnico Fábio Carille mostrou a tranquilidade de sempre para analisar o empate por 1 a 1 entre Corinthians e Patriotas. O comandante alvinegro admitiu que o time paulista não conseguiu mostrar o desempenho dos últimos jogos e colocou a culpa no gramado. Assista aos gols de Patriotas 1 x 1 Corinthians.

"O campo é muito maior, é bem claro que é bem maior que o normal. O gramado não ajuda, a bola fica viva, não rolava normal. Ficou abaixo do esperado por causa do gramado", explicou Carille, que minimizou os efeitos da altitude - Tunja está localizada a 2.800 metros de altura.

"Em nenhum momento quis falar da altitude e trazer de uma forma negativa. Os jogadores não reclamaram, apenas o Cássio falou antes do jogo. Mas foi nítido que eles cansaram durante o jogo", completou.

Com o gol de empate de Balbuena nos acréscimos, o Corinthians garantirá uma vaga nas oitavas de final com uma vitória simples em Itaquera no próximo dia 26. "Conseguimos um gol fora de casa, isso é importante. Em casa vamos pressionar o tempo todo, fazer rodar a bola", frisou Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos