Em jogo com sete gols no 2º tempo, Fla goleia Palestino e espanta fantasma

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • REUTERS/Rodrigo Garrido

    Os jogadores do Flamengo comemoram um dos gols na goleada sobre o Palestino

    Os jogadores do Flamengo comemoram um dos gols na goleada sobre o Palestino

Começou com emoção a Copa Sul-Americana para o Flamengo depois da eliminação traumática na Libertadores. Nesta quarta-feira (5), o Rubro-negro goleou o Palestino-CHI por 5 a 2, em Santiago, no jogo que teve sete gols no segundo tempo e duas viradas no placar. Réver, Berrío, Leandro Damião, Rafael Vaz e Everton Ribeiro marcaram para os cariocas - Romo e Vidal fizeram para os chilenos.

Assista aos gols da vitória do Flamengo

O resultado impediu um novo vexame do Flamengo no continente e para o mesmo adversário que o eliminou da Sul-Americana no ano passado. O time misto rubro-negro conseguiu uma excelente vantagem para o jogo de volta, dia 9 de agosto, no estádio Ilha do Urubu. Até uma derrota por 3 a 0 classifica a equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo.

O Flamengo agora se concentra no importante compromisso do próximo sábado (8) pelo Campeonato Brasileiro, às 18h (de Brasília), em São Januário. O clássico contra o rival Vasco é fundamental nas pretensões do Rubro-negro de subir na tabela e perseguir o líder Corinthians na briga pelo título.

Estádio vazio e sem pressão

Dono de uma torcida pequena no Chile, o Palestino mandou o jogo no estádio da Universidad Católica, o San Carlos de Apoquindo. Apenas 2,5 mil ingressos foram vendidos antes da partida. O principal som ouvido durante o jogo foi o vindo dos instrumentos musicais da torcida dos donos da casa. Em um cenário bem diferente das competições sul-americanas, o Flamengo não se deparou com a tradicional pressão adversária por atuar fora de casa.

Palestino ainda está em pré-temporada

O Palestino entrou em campo para enfrentar o Flamengo absolutamente sem ritmo de jogo. A última partida oficial do clube chileno havia sido em maio. Alguns jogadores deixaram o time, que entrou bastante modificado para a partida pela Copa Sul-Americana e ainda em busca de uma identidade para as competições que estão por vir. Ainda assim, os donos da casa levaram perigo e surpreenderam o Rubro-negro no início da segunda etapa.

Primeiro tempo gelado e ritmo de treino

Com o frio de cinco graus em Santiago, os dois times fizeram um jogo absolutamente sonolento no primeiro tempo. Em ritmo de treino, Flamengo e Palestino só aceleraram na reta final da etapa inaugural. Ainda assim, a partida esteve muito longe de qualquer emoção. Cada time teve uma chance para abrir o placar e parou nisso. No Rubro-negro, a dificuldade em criar jogadas por conta do posicionamento do trio ofensivo ficou flagrante. Everton Ribeiro se mostrou participativo e foi o "motor" dos cariocas.

Segundo tempo "louco" dá vantagem ao Flamengo

AP/Esteban Felix
Se a primeira etapa foi de dar sono, o que aconteceu no San Carlos de Apoquindo nos primeiros 15 minutos do segundo tempo valeu a pena. Não pelo primor técnico, mas pelo menos por causa dos gols. Logo no primeiro minuto, Réver abriu o placar de canela para o Flamengo. O Palestino virou com os gols de Romo e Vidal, aos 4min e 11min, respectivamente. Abatido, o Rubro-negro empatou após uma disputa interminável na área. Berrío chutou com tudo, aos 14min. Logo depois, Everton arrancou com tudo e cruzou para Leandro Damião virar para o Flamengo, aos 15min. Na comemoração, o atacante brincou com a "loucura" da partida.

Rafael Vaz falha, salva empate e faz o primeiro pelo Flamengo

EFE/Elvis González
Depois de virar o placar, o Flamengo por muito pouco não sofreu o gol de empate. Rafael Vaz, mais uma vez, deu um susto na torcida. O zagueiro falhou, mas se recuperou na sequência e impediu o arremate do adversário. Aos 36min, ele ainda foi na área balançar as redes. O defensor comemorou muito, já que marcou pela primeira vez com a camisa rubro-negra.

Everton Ribeiro fecha o placar e também comemora primeiro gol

Ainda deu tempo de Everton Ribeiro fechar o placar com um gol de pênalti aos 43min do segundo tempo. Uma noite louca e de classificação encaminhada para o Rubro-negro na Copa Sul-Americana.

PALESTINO-CHI 2 X 5 FLAMENGO

Local: San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Cartão amarelo: Diego Torres (Palestino)
Gols: Réver, a 1min do segundo tempo; Romo, aos 4min do segundo tempo; Vidal, aos 11min do segundo tempo; Berrío, aos 14min do segundo tempo; Leandro Damião, aos 15min do segundo tempo; Rafael Vaz, aos 36min do segundo tempo; Everton Ribeiro, aos 43min do segundo tempo

Palestino-CHI
Melo; Romo (Rosende), Toro, Vidal e Torres; Fernández, Cereceda e Gutiérrez; Arario (Tapia), Gutiérrez e Pinto
Técnico: German Cavalieri

Flamengo
Thiago; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Romulo) e Everton Ribeiro; Everton, Berrío (Mancuello) e Leandro Damião (Felipe Vizeu)
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos