Corinthians bate Patriotas com time alternativo e avança na Sul-Americana

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Paulo Whitaker/Reuters

    Corinthians venceu com gol de Balbuena e vai às oitavas da Sul-Americana

    Corinthians venceu com gol de Balbuena e vai às oitavas da Sul-Americana

O Corinthians sofreu alguns sustos nesta quarta-feira à noite, mas conseguiu avançar na Copa Sul-Americana. Com o apoio de 34 mil torcedores, o time alvinegro derrotou o Patriotas, da Colômbia, por 2 a 0, com gols de Balbuena na primeira etapa e Pedrinho já na reta final do duelo. Assista aos gols da vitória do Corinthians.

A vitória em Itaquera com um time alternativo levou a equipe de Fábio Carille às oitavas de final da competição - na partida de ida, os corintianos arrancaram um empate por 1 a 1 no último minuto, também com Balbuena. Hoje, o garoto Pedrinho, que entrou na etapa final, também balançou a rede após um toque por cima do goleiro.

O Corinthians, agora, aguarda o vencedor do confronto entre Independiente Medellín-COL e Racing-ARG. Os times se enfrentam na Colômbia nesta quinta-feira. No jogo de ida, a equipe argentina venceu por 3 a 1. O primeiro confronto das oitavas será disputado na segunda quinzena de agosto.

No próximo domingo, o time recebe o Flamengo em Itaquera em partida válida pela 17ª rodada do Brasileirão. A equipe alvinegra deve ter de volta o quarteto Fagner, Rodriguinho, Romero e Jô, que atuou pouco mais de 15 minutos nesta quarta.

O melhor: Balbuena

Alan Morici/Framephoto/Estadão Conteúdo

De novo ele. O zagueiro paraguaio marcou mais uma vez contra o Patriotas e confirmou a ótima fase que vive no Corinthians. Já são cinco gols em 37 partidas na atual temporada.

O pior: Murillo

O lateral direito do time colombiano teve muitas dificuldades para avançar ao campo de ataque. Na parte defensiva, também deixou a desejar ao dar liberdade a Clayton pelo setor.

Giovanni pelo meio e Marquinhos aberto

Daniel Vorley/AGIF

Líder do Brasileirão com oito pontos de vantagem sobre o Grêmio, o Corinthians entrou em campo com quatro reservas: Léo Príncipe, Marquinhos Gabriel, Clayton e Kazim. Fagner, com dores no joelho, chegou a ser relacionado, mas ficou fora do banco de reservas.

Rodriguinho e Romero nem entraram na lista do jogo. Jô, por sua vez, ficou como opção para o segundo tempo. Com isso, Giovanni Augusto atuou centralizado na linha de três do 4-2-3-1, com Marquinhos à direita e Clayton à esquerda. Na etapa final, Pedrinho e Jô entraram nos lugares de Clayton e Giovanni Augusto, respectivamente.

Clayton perde chance no começo

Daniel Vorley/AGIF

A primeira grande chance da partida foi do Corinthians. Aos 14 minutos, Giovanni Augusto alçou a bola na área e viu Clayton levar a melhor sobre o zagueiro do Patriotas. O camisa 9, entretanto, chutou por cima do gol mesmo livre na área.

Balbuena, de novo, vai às redes

O camisa 4 do Corinthians abriu o placar em Itaquera depois de mais uma jogada pelo alto. Aos 27, Maycon cobrou escanteio pelo lado esquerdo. Balbuena subiu livre no meio da área e cabeceou no canto do goleiro. Balbuena marcou pela quinta vez em 2017: fez contra o Patriotas (no primeiro jogo), Cruzeiro, Bahia e Fluminense.

Kazim não aproveita a oportunidade

Daniel Vorley/AGIF

Na véspera da partida, Kazim pediu mais chances no time do Corinthians. Titular nesta quarta-feira, o atacante turco pouco produziu em campo. No segundo tempo, a 11 minutos do término do jogo, Kazim foi substituído por Carille, que optou pela entrada de Camacho.

Patriotas se anima no 2º tempo e pressiona

Depois de criar uma chance clara na primeira etapa, o Patriotas voltou com uma postura mais ofensiva nos últimos 45 minutos. Logo no começo do segundo tempo, Vásquez escapou pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola passou por toda a área. Em seguida, Valoyes disputou a bola com Balbuena e arrumou um escanteio.

Sem criatividade, restou aos colombianos a bola alta na área, sempre neutralizada pelo Corinthians. Aos 43 minutos, mais um susto. Vázquez escapou pela direita, invadiu a área e tocou para trás. Pedro Henrique, porém, conseguiu travar o chute.

Menino Pedrinho mata o jogo

O jovem de 19 anos conseguiu marcar o primeiro gol com a camisa do Corinthians depois de 13 partidas. E foi um golaço. Pedrinho, que entrou no lugar de Clayton aos 18 do segundo tempo, recebeu a bola pela direita e tocou por cima do goleiro do Patriotas.

Invencibilidade vai além

Com o resultado, o Corinthians manteve a fase sem derrotas na temporada. Agora, são 31 partidas de invencibilidade corintiana, com 19 vitórias e 12 empates - já é a segunda maior da história do clube, similar à de 1936/1937 (em 1957, o time ficou 37 jogos sem perder). O último revés alvinegro deu-se há 129 dias, contra a Ferroviária (1 a 0), em Araraquara, pelo Campeonato Paulista. 

Mais um bom público em Itaquera

Nelson Almeida/AFP

Apesar de o jogo desta quarta ter sido válido pela Copa Sul-Americana, a torcida do Corinthians manteve a média de público dos últimos jogos do Brasileirão. Com mais de 30 mil pessoas em Itaquera, o clube conseguiu ultrapassar essa marca pela 13ª vez seguida.

Agora, de volta ao Brasileirão

Depois de garantir a vaga nas oitavas da Sul-Americana, o Corinthians volta a pensar no Campeonato Brasileiro. O time de Carille recebe o Flamengo em Itaquera no próximo domingo, em jogo válido pela 17ª rodada da competição. Até aqui, a equipe acumula 12 vitórias e quatro empates.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 0 PATRIOTAS-COL

Data: 26 de julho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Competição: Copa Sul-Americana (partida de volta da segunda fase)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 34.472 (pagante) e 34.808 (total)
Renda: R$ 1.593.595,90
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Auxiliares: Raul Orellana e Edson Cisternas (ambos do CHI)
Cartão amarelo: Cabezas (Patriotas)

Gols: Balbuena, aos 27 minutos do primeiro tempo, e Pedrinho, aos 45 minutos do segundo tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto (Jô), Marquinhos Gabriel e Clayton (Pedrinho); Kazim (Camacho). Técnico: Fábio Carille.

PATRIOTAS: Álvaro Villete; Jesús Murillo, Danilo Arboleda, Óscar Cabezas e Nicolás Carreño; Larry Vásquez e Rafael Robayo; Edis Ibargüen, Omar Vázquez e Mauricio Gómez; César Valoyes. Técnico: Diego Corredor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos