Titular no Corinthians após 100 dias, atacante joga com prazo de validade

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Clayton terá oportunidade de iniciar o jogo ao lado de Kazim pela Sul-Americana

    Clayton terá oportunidade de iniciar o jogo ao lado de Kazim pela Sul-Americana

No modificado Corinthians escalado por Fábio Carille para a noite desta quarta-feira, diante do Patriotas-COL, a presença do atacante Clayton é a que possui principal caráter de novidade. Eleito para a vaga de Ángel Romero no confronto pela Copa Sul-Americana, ele tem sua grande oportunidade. Mas, salvo mudanças consideráveis nos próximos meses, joga com prazo de validade. 

Recentemente, o empresário Jorge Machado se reuniu com o Corinthians para tratar da situação do atacante de 22 anos que, emprestado pelo Atlético-MG, tem contrato até dezembro. Embora o encontro também tenha servido para tratar de Guilherme Arana, pois Machado representa o CSKA Moscou-RUS no Brasil, a ideia dele era por uma negociação com a Atalanta-ITA pelo titular desta noite. 

O clube italiano fez sondagens por Clayton mas, até o momento, nenhuma proposta oficial foi apresentada. Ainda assim, nos encontros, o Corinthians manifestou sua posição de que dificilmente apostaria na compra do atacante que tem preço fixado em R$ 13 milhões.

Caso haja uma proposta, na atual janela de transferências aberta até o fim de agosto, Clayton não permanece no Parque São Jorge, pois teria que ser comprado em definitivo. Se esse cenário não se concretizar, o que é mais provável no momento, ele segue por empréstimo até dezembro. Mesmo assim, o clube hoje descarta investir nessa aquisição ao Atlético-MG. 

Essa radiografia feita pelo Corinthians, além dos aspectos financeiros, é baseada no desempenho de Clayton até aqui. Aposta feita em troca por Marlone para melhorar o ambiente e dar um concorrente melhor para Romero, ele não se deu bem nos primeiros cinco meses de clube. Foi apenas um jogo como titular, contra o Internacional na Copa do Brasil, e outras 10 oportunidades durante as partidas. O melhor momento veio na goleada por 5 a 2 sobre o Vasco, em que anotou dois gols nos acréscimos. 

Diferentemente da passagem pelo Figueirense, onde despontou com velocidade, boa definição e gols importantes, Clayton ainda não conquistou a torcida corintiana e, quase sempre que acionado, mostra certa afobação e erros técnicos simples. O jogador conta com a admiração do treinador Fábio Carille e da comissão técnica, mas o entendimento é que tem produzido abaixo do esperado. Nesta noite, se Clayson estivesse inscrito na Copa Sul-Americana, fatalmente seria titular. Ele não pode atuar no torneio por já ter defendido a Ponte Preta. 

Com pouco mais de quatro meses de temporada por jogar, Clayton tem a missão de recuperar o status que conquistou com a camisa do Figueirense para, quem sabe, convencer os europeus de uma transferência ou, principalmente, os corintianos de que tem capacidade de seguir em 2018. A nova oportunidade surge nesta noite, em Itaquera. 

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS x PATRIOTAS-COL

Data: 26 de julho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Competição: Copa Sul-Americana (partida de volta da segunda fase)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Auxiliares: Raul Orellana e Edson Cisternas (ambos do CHI)

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Clayton; Kazim. Treinador: Fábio Carille.

PATRIOTAS: Álvaro Villete; Jesús Murillo, Danilo Arboleda, Óscar Cabezas e Nicolás Carreño; Larry Vásquez e Rafael Robayo; Carlos Mosquera, Omar Vázquez e Mauricio Gómez; César Valoyes. Treinador: Diego Corredor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos