Flu usa redes sociais para tornar jogo ante LDU o seu maior público do ano

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução

    Torcida do Fluminense vai encher o Maracanã na quinta-feira

    Torcida do Fluminense vai encher o Maracanã na quinta-feira

O casamento entre torcida e time do Fluminense não tem sido dos mais calorosos na atual temporada. Ciente de que arquibancadas cheias podem resultar em benefícios dentro de campo, o Flu adota estratégias para reverter o jogo e trazer o torcedor para perto.

Nesta quinta, o time de Abel Braga encara a LDU, às 19h15, em jogo válido pelas oitavas da Copa Sul-Americana. Independentemente do resultado, uma vitória já pode ser comemorada. Com o bom volume de vendas, é possível afirmar que a partida ante os equatorianos será a de maior público do Tricolor como mandante no ano. Até o momento, a melhor marca foi contra o Fla, na primeira partida da decisão do Carioca. Na ocasião, 34.926 pessoas pagaram para assistir ao 1 a 0 rubro-negro.

Além do peso do jogo, o Fluminense massificou a sua presença nas redes sociais. O apelo surtiu o efeito desejado e a última parcial apontou mais de 30 mil bilhetes comercializados. A ação com a hashtag #GuerreirochamaGuerreiro também foi decisiva para a casa cheia. Pela promoção, associados de dois planos de sócio-torcedor têm a possibilidade de ganhar uma outra entrada de graça. Todos os setores estão em promoção e os preços variam de R$ 20 a R$ 40.

Esse benefício é parte da campanha "Abrace o Flu", que é uma das plataformas recém-criadas para mobilizar o tricolor. Por meio de "missões" propostas, o clube pretende estreitar os laços e encher o Maracanã daqui em diante.

A confirmação de que o estádio será a casa tricolor até o fim deste ano é uma peça-chave para que esta engrenagem funcione melhor. Com um lar fixo, o clube crê que a fidelização de seu torcedor é uma tarefa mais fácil, o que tem reflexo direto no seu número de sócios. Este incremento na receita específica é considerado primordial nas Laranjeiras, visto que o Flu ainda tem números modestos neste quesito (36.533 mil adesões).

Para seduzir seu "cliente", o Fluminense adotou um esquema pioneiro de tíquete eletrônico, ao menos entre os grandes do Rio de Janeiro. Pelo sistema, o acesso ao Maracanã é garantido por um código gerado pelas compras feitas com cartão de crédito. Basta apresentar o comprovante no celular para ter a entrada liberada. A ideia é mais uma tentativa de convencimento de que os jogos do Flu oferecem conforto.

O entusiasmo da torcida para o jogo contra os adversários é visível não apenas no engajamento nas redes, mas também na rua. Desde que os pontos de venda físicos foram abertos para a comercialização de bilhetes, um bom número de pessoas têm feito fila para garantir seu lugar. O Flu evita projeções, mas espera ao menos 40 mil pessoas na quinta.

Leo Burlá
Torcida do Flu faz fila no Maracanã

O time comandado por Abel Braga faz sua última atividade antes do jogo decisivo. Nesta quarta, a equipe se reapresenta e treina às 10h30 no Centro de Treinamento Pedro Antonio. O clube inscreveu Wellington Silva, Robinho e Romarinho na competição continental.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos