Sport bate Ponte Preta nas oitavas da Sul-Americana e ameniza crise

Do UOL, em São Paulo

  • Leo Caldas/AFP

Após seis jogos sem saber o que é vencer, o Sport finalmente conseguiu comemorar um triunfo ao bater a Ponte Preta por 3 a 1, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Diante de sua torcida na Ilha do Retiro, Ronaldo Alves, Rithely e André fizeram os gols da equipe pernambucana nesta quarta-feira. Felipe Saraiva descontou para a equipe alvinegra. Assista aos gols da vitória do Sport.

Com o resultado, o Sport consegue uma boa vantagem para o jogo da volta. No Moisés Lucarelli, a equipe poderá garantir vaga nas quartas de final da competição mesmo sendo derrotado por um gol de diferença. Já a Ponte Preta contará com a força de sua torcida e terá que buscar uma vitória de 2 a 0 ou de três gols de diferença para avançar de forma direta ao torneio sul-americano.

A vitória também ameniza a crise que vive o clube, que ficou evidenciada com comentários de Vanderlei Luxemburgo após o time sofrer goleada de 5 a 0 para o Grêmio. Nos últimos seis jogos, foi derrotado quatro vezes e empatou duas. O Sport não sabia o que era comemorar um gol desde 5 de agosto, quando a equipe foi derrotada pelo Corinthians por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro.

Bom início

O Sport abriu o placar logo aos 7 minutos da partida. Depois de um cruzamento na área, Aranha fez grande defesa em cabeceio de Diego Souza. No rebote, Ronaldo Alves chutou sem ângulo e conseguiu fazer o gol.

O jogo seguia morno, até que no fim da segunda etapa o Sport ampliou a vantagem. Aos 44 minutos, Mena cruzou bola na área e Rithely se antecipou aos zagueiros e fez de cabeça, tirando a bola do alcance de Aranha. Um dos atletas mais identificados com o Sport, o volante vinha sendo apontado como um dos responsáveis pelo momento ruim da equipe.

Pressão dos anfitriões

O técnico Gilson Kleina adiantou o time da Ponte Preta ao colocar Renato Cajá na vaga de Elton no intervalo. Com o time de Campinas mais aberto, o Sport teve as melhores chances no início da etapa final com contra-ataques. Diego Souza, Raul Prata e Mena pararam em Aranha nos 12 minutos iniciais do segundo tempo.

Aos 30 minutos, a equipe pernambucana ampliou o placar. Livre, Rodrigo Prata avançou na grande área e encontrou André. O atacante ampliou o marcador após um cruzamento rasteiro do lateral-direito.

Tudo aberto

Quando tudo parecia resolvido, a Ponte Preta garantiu sua sobrevivência para a partida de volta num rápido contra-ataque. Claudinho avançou pelo lado esquerdo e lançou a bola para Felipe Saraiva. Em um belo chute de primeira, o atacante fez o primeiro gol de sua carreira aos 37 minutos da etapa final, após aparecer livre de marcação.

SPORT 3 X 1 PONTE PRETA

Data: 13 de setembro de 2017,  quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília) Torneio: Oitavas de final da Copa Sul-Americana
Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Árbitro: Gustavo Murillo (COL)
Gols: Ronaldo Alves, aos 7 minutos do 1º tempo, Rithely, aos 44 minutos do 1º tempo, André, aos 30 minutos do 2º tempo e Felipe Saraiva, aos 37 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Durval, Sander e Diego Souza (Sport); Danilo Barcelos, Nino Paraíba e Fernando Bob (Ponte Preta)

Sport: Magrão, Rodrigo Prata, Ronaldo Alves, Durval e Mena; Rithely, Patrick, Sander e Diego Souza; Lenis (Rogério) e André (Anselmo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba (Claudinho), Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Fernando Bob, Naldo e Elton (Renato Cajá); Felipe Saraiva, Lucca (Jeferson) e Léo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos