Do choro preso em casa na final ao campo: Wellington Silva revê LDU

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Guilherme Hahn/AGIF

    Wellington Silva é uma das armas do Flu para vencer time do Equador

    Wellington Silva é uma das armas do Flu para vencer time do Equador

Não há um só tricolor que guarde boas lembranças da LDU, algoz do Fluminense nas decisões da Copa Libertadores-2008 e da Copa Sul-Americana-2009.

Cria da casa, o atacante Wellington Silva compartilha da dor do torcedor. Na grande final do principal torneio do continente, o jogador, à época com 15 anos, sofreu em silêncio. Após nove anos, quis o destino que os caminhos dos clubes se cruzassem de novo. Agora, com Wellington pedendo reescrever a história dentro de campo.

Fenômeno do futsal, o carioca já tinha quatro anos de clube quando o rival desta quinta-feira, 19h15, calou 86.027 mil vozes. Ainda que não estivesse entre os tricolores que saíram tristes do estádio naquela noite de 2 de julho, ele lembra bem da perda do título.

Divulgação/FFC
Wellignton Silva em ação pelo Flu

"Estava em casa com a família, foi muito duro. Tento ser forte quando estou perto de alguém para não falarem que sou chorão. Sinto mais quando estou sozinho, sou mais durão com isso. Tento ser forte quando estou perto de alguém para não falarem que sou chorão", lembrou o atacante.

O jogo desta quinta não vale troféu, mas é encarado como decisão nas Laranjeiras. Até pelo histórico, a LDU virou um rival do Tricolor. Nada apagará os dois vices, mas Wellington admite que o encontro com os adversários mexe com o espírito de todos.

A tarefa de eliminar o time de Quito foi encampada por clube e torcida. Com promoções, ações em rede social e ingressos a preços acessíveis, o jogo terá casa cheia e quebra de recorde de público no clube no ano. Um ingrediente a mais para apimentar a rivalidade.

Lucas Merçon/Fluminense

"Por tudo que passamos contra eles, temos de dar a alegria para os torcedores que sofreram muito. Ainda mais contra esse time que já ganhou da gente em jogos importantes".

O "durão" Wellington Silva pode ter controlado o choro após aquele jogo, mas não deu para conter as lágrimas em sua mais recente despedida. Negociado com o Bordeaux, ele voltou para o Flu após um problema no púbis ser detectado num exame. De volta, ele admite que ainda não atingiu o 100% de sua forma. Brilhar contra a LDU pode ser a retomada perfeita.

FLUMINENSE X LDU 
Data/hora: 14/09/2017, às 19h15 (de Brasília) 
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) 
Árbitro:  Julio Quintana (PAR)
Auxiliares: Rodney Aquino (PAR) e Roberto Cañete (PAR)
 
FLUMINENSE: Júlio César,  Lucas,  Renato Chaves, Nogueira e Marlon (Léo); Orejuela,  Douglas, Wendel e Scarpa; Wellington Silva e Henrique Dourado. Técnico: Abel
 
LDU: Nazareno, Narváez, Salaberry, Lucas de Lima e Chalá; Vega, Betancourt, Intriago, Anderson Julio e Cevallos; Barcos. Técnico: Pablo Repetto.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos