Pontapé terrível e time inofensivo: como os argentinos viram o Corinthians

Do UOL, em São Paulo

  • Agustin Marcarian/Reuters

    Rodriguinho (à direita) reclama com o árbitro por expulsão

    Rodriguinho (à direita) reclama com o árbitro por expulsão

O Corinthians deu adeus à Copa Sul-Americana na noite de quarta-feira (21), em Buenos Aires. Depois de empatar por 1 a 1 há uma semana (13), a equipe de Fábio Carille sofreu para criar em visita ao Racing-ARG e não passou do 0 a 0. E a imprensa argentina destacou negativamente a expulsão de Rodriguinho, além da atuação fraca do Corinthians.

"O terrível pontapé de Rodriguinho contra Pulpo González", escreveu o jornal La Nación. Enquanto o "Olé" exaltou o pouco tempo do brasileiro em campo: "Dois minutos. Foi o que durou o jogador devido a um tremendo pontapé".

Em momento de questionamentos no Corinthians, o meia foi deixado no banco por questões físicas e surgiu como aposta de Carille para os 30 minutos finais, mas durou apenas três. Em entrada firme sobre o argentino González, ele dividiu com o pé por cima e acabou expulso direto pela arbitragem uruguaia.

Os jornais também viram um Corinthians "sem o pé no acelerador" e que não promoveu sustos ao Racing. "Eles jogaram com tranquilidade, sem criar perigo diante de uma linha de cinco defensores desalinhados", escreveu o jornal "Clarín".

"Os brasileiros foram se enroscando no nervoso e em suas limitações; acabaram terminando a partida com nove atletas", acrescentou a publicação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos