Flu sofre com 'cera', mas vence bolivianos e decidirá vaga na altitude

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Luciano Belford/AGIF

    Pablo Dyego entrou bem e mudou a história do jogo ao marcar em primeiro toque na bola

    Pablo Dyego entrou bem e mudou a história do jogo ao marcar em primeiro toque na bola

O Fluminense sofreu com a 'cera' do Nacional Potosí-BOL, nesta quarta-feira, no Maracanã. Apesar disso, o time de Abel Braga conseguiu um resultado tranquilo em campo, com a vitória por 3 a 0 na estreia da Sul-Americana, e decidirá a classificação na altitude da Bolívia. Pablo Dyego, Gum e Pedro marcaram os gols da vitória. Clique aqui e confira os gols da vitória tricolor.

Agora, o Fluminense foca suas atenções no Campeonato Brasileiro. No domingo, o time visita o Corinthians, em São Paulo.

Flu quase abre placar em jogada bem trabalhada

O jogo iniciou muito truncado, mas aos poucos o Fluminense conseguia impor sua maior qualidade sobre o rival. E o gol quase saiu aos 15min. Após arrancada de Gilberto, a bola foi muito bem trabalhada, sem pressa. Passou de pé em pé até chegar aos pés de Jadson, que não fez a melhor finalização a gol. Melhor para Romero, que fez boa defesa e evitou o primeiro do Tricolor.

Sornoza bate falta 'quase perfeita'

Apesar de melhor em campo, o Fluminense teve dificuldade de crias oportunidades de gol. Uma boa alternativa foi uma cobrança de falta, sofrida por Pedro. Sornoza caprichou e bateu com muita curva. A bola fez bonita trajetória e tirou tinta da trave de Romero, que se jogou para sair na foto.

Romero evita gol de cabeça de Gum

Sofrendo com a forte marcação do Nacional de Potosí, o Fluminense não conseguiu nos primeiros 45min o volume de jogo esperado. Mesmo assim teve boas oportunidades de marcar. Quando não pecou na finalização, viu Romero fazer boas defesas. Já nos acréscimos, Gum cabeceou firme, mas parou nas mãos do goleiro do time boliviano.

Fluminense aciona alas e 'volta' para o 2º tempo

O Fluminense sofria com a cera do adversário, mas também não conseguia fazer uma boa partida. Mal tecnicamente, o Tricolor conseguiu duas boas jogadas seguidas pelas laterais e quase chegou ao gol. A situação ficou bem clara, já que Ayrton e Gilberto realizaram boas jogadas ao levar a melhor sobre os marcadores.

Pablo Dyego abre placar em primeiro toque na bola

Mesmo sem fazer uma grande partida, o Fluminense conseguiu abrir o placar. A torcida pediu, Abel concordou e Pablo Dyego marcou em seu primeiro toque na bola. Após cobrança de escanteio de Sornoza, Renato Chaves desviou e o jovem atacante do Tricolor apareceu por trás para completar para o fundo das redes.

Pablo Dyego quase faz golaço de bicicleta

E o jovem atacante entrou para incendiar o jogo. Após marcar no primeiro toque na bola, Pablo Dyego quase fez um golaço na segunda jogada. Ele recebeu passe na área e deu um lençol no adversário. A bola ficou atrás e ele emendou uma linda bicicleta, que explodiu no travessão.

Gum amplia e tranquiliza Fluminense

Apesar da vitória, o Fluminense queria um placar mais elástico. Isso porque o jogo da volta ocorrerá na altitude boliviana. Gum tratou de dar mais tranquilidade ao Tricolor e marcou o segundo do time, aos 36min. O zagueiro aproveitou jogada aérea para ampliar o placar.

Pedro completa vitória de pênalti

O que era bom ficou ainda melhor. Aos 42min, Renato Chaves tentou cabecear, mas foi agarrado pelo rival. A arbitragem viu e marcou a infração. Pedro cobrou com perfeição e deu ainda mais tranquilidade ao Fluminense: 3 a 0.

FLUMINENSE 3 X 0 NACIONAL POTOSÍ-BOL

Data e hora: 11/04/2018, quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Nicolás Gallo-COL
Auxiliares: Eduardo Díaz e John León-COL
Gols: Pablo Dyego, aos 27min, Gum, aos 36min, Pedro, aos 42min do segundo tempo
Cartões amarelo: Jadson e Gum (FLU) Galvis e Reina, Romero (NPO)
Cartão vermelho: Alaca (NPO)

Fluminense
Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez; Gilberto, Richard, Jadson (Matheus Alessandro), Sornoza e Ayrton Lucas; Marcos Jr (Pablo Dyego) e Pedro
Técnico: Abel Braga

Nacional Potosí
Romero; Torres, Montenegro, Galain e Alaca; Galvis, Salazar, Pérez e Flores; Piñero e Reina
Técnico: Pérez Garcia

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos