Rodrigo Caio se defende e dispara contra árbitro: "É uma vergonha"

Do UOL, em São Paulo

Expulso aos 35 minutos do primeiro tempo, Rodrigo Caio deixou o São Paulo com um a menos contra o Rosario Central, nesta quinta-feira (12), em jogo da Copa Sul-Americana. Durante o empate por 0 a 0, o defensor tomou o cartão vermelho em lance questionável, após suposta cotovelada no adversário.

"O juiz só me expulsou porque tinha sangue. É uma vergonha. Fico triste porque acaba prejudicando minha equipe, mas foi um erro do juiz", critica Rodrigo Caio. "A gente fica com o gosto de que poderia ter vencido", lamenta.

Assista aos melhores momentos da partida.

O lance é mais impressionante pelo resultado do que pelo impacto em si. Rodrigo Caio sobe para disputar com Marco Rúben e, ao descer, acerta o braço no rosto do atacante rival. O árbitro se abaixa para conferir o estado de saúde do argentino, vê o sangue escorrer e decide por expulsar o são-paulino.

"A gente poderia ter saído com um resultado muito melhor. Só tenho que agradecer a equipe, porque todos correram, se dedicaram e fizeram o melhor. Já vejo nosso time mais comprometido, um ajudando o outro", afirma Rodrigo Caio.

O cartão vermelho do camisa 3 foi o nono do São Paulo nos últimos 11 jogos disputados em competições sul-americanas. Daí a insatisfação de Rodrigo Caio. "Isso vem acontecendo sempre, então o pessoal superior [diretoria do São Paulo] precisa agir. A juizada vem errando muito e está ficando chato", reclama.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos