Com dois a menos, São Paulo sofre para vencer o Rosario e garantir vaga

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

    Diego Souza comemora o gol marcado nesta quarta-feira à noite, no Morumbi

    Diego Souza comemora o gol marcado nesta quarta-feira à noite, no Morumbi

O São Paulo não brilhou e terminou a partida com dois jogadores a menos, mas conseguiu ganhar do Rosario Central e garantir a classificação na Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (9), no Morumbi, o Tricolor venceu por 1 a 0, com gol de Diego Souza - clique e veja o gol da partida. Cueva e Petros foram expulsos nos últimos instantes do duelo.

No primeiro confronto do mata-mata, as equipes ficaram no 0 a 0 e um triunfo simples servia para os brasileiros assegurarem a vaga. Apesar de os argentinos não viverem um bom momento - sofreram a quinta derrota consecutiva -, os donos da casa tiveram dificuldades para dominar a partida. 

O adversário e as datas da próxima fase serão definidos pela Conmebol em sorteio. Já pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor volta a jogar neste domingo, fora de casa, contra o Bahia. Como foi eliminado da Copa do Brasil, o time paulista não disputa outras competições neste segundo semestre além do nacional e da Sul-Americana. 

Com o gol desta noite, Diego Souza passa a ser o artilheiro do São Paulo na temporada com cinco tentos - um a mais do que Nenê. O camisa 9, porém, foi bastante contestado neste início de temporada e quase acertou a sua transferência para o Vasco. Com dores musculares, ele deixou o campo no segundo tempo e foi substituído por Tréllez.

Paz

Torcedores do São Paulo e do Rosario Central confraternizaram antes da partida. Na porta do Morumbi, foram exibidas faixas com frases contra o racismo. A ação foi idealizada pela Independente, principal organizada do Tricolor, que recebeu os argentinos em sua sede, no centro da cidade.

No primeiro duelo do confronto válido pela Copa Sul-Americana, no Gigante Arroyito, no dia 12 de abril, torcedores argentinos cuspiram em direção aos brasileiros e fizeram sons imitando macaco. 

Desfalques

Diego Aguirre não pôde contar com Militão. O polivalente jogador sentiu dores na coxa esquerda e foi vetado para o confronto. Além do defensor, Rodrigo Caio, lesionado e suspenso, e Everton, que não foi inscrito nesta fase da competição, também não ficaram à disposição. Já o zagueiro Arboleda, titular do Tricolor neste início de temporada, ficou no banco de reservas.

Diego Souza e Petros perdem na cara do gol

Mesmo fora de casa e em crise, o Rosario Central até teve mais posse de bola nos primeiros instantes do jogo. O São Paulo, porém, soube aproveitar os espaços e chegar ao ataque. O Tricolor só não abriu o placar antes dos dez minutos porque Diego Souza e Petros não conseguiram marcar. Primeiro o atacante furou, após cruzamento da esquerda. Pouco depois, o próprio Diego Souza ajeitou de cabeça para Petros, que dentro da área desperdiçou a oportunidade.

Lá e cá

São Paulo e Rosario Central alternaram bons momentos durante o primeiro tempo. Além das chances com Diego Souza e Petros, Nenê também quase fez. No lance, Diego Souza recebeu o lançamento e tocou para Nenê, que finalizou para a boa defesa do goleiro Ledesma. Os argentinos também tiveram boa chance com Hernán da Campo, que arriscou chute de fora da área.

Com dores, Anderson Martins é substituído

Aguirre precisou mexer na equipe antes do início do segundo tempo. Anderson Martins reclamou de dores na coxa e foi substituído por Arboleda. Na sequência, insatisfeito com o desempenho abaixo do esperado do São Paulo, o treinador colocou Cueva no lugar de Valdívia. Por fim, Diego Souza, também com dores musculares, saiu para a entrada de Tréllez.

Rosario quase marca

Os argentinos mantiveram o bom ritmo no segundo tempo e quase fizeram o gol antes dos 15 minutos. Após boa jogada da direita, Joaquín Pereyra, dentro da área, chutou perto do gol de Sidão.

Diego Souza abre o placar 

O sofrimento dos são-paulinos diminuiu aos 15 minutos, com o gol de Diego Souza. Liziero deu excelente passe para Reinaldo fazer a infiltração na área pela esquerda. O lateral passou pelo adversário e mandou a bola na trave, no rebote, o camisa 9 só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes.

Confusão, Cueva e Petros expulsos

No fim do jogo ainda sobrou tempo para um início de discussão entre os jogadores do Rosario Central e do São Paulo. Após falta em Nenê, Cueva levantou demais o pé em uma dividida. Os argentinos reclamaram e o meia peruano do Tricolor foi expulso. Na sequência, por falta em argentinos, Petros foi expulso. Agora são dez expulsões de jogadores são-paulinos nos últimos 11 jogos na Conmebol.

Ficha técnica

São Paulo x Rosario Central

Copa Sul-Americana - Primeira fase - jogo de volta

Data: 9/5/2018
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Eber Aquino (Paraguai)
Auxiliares: Milciades Salvivar e Carlos Caceres (ambos do Paraguai)
Cartões amarelos: Jucilei (São Paulo) e Hernán da Campo, Camacho (Rosario Central)
Cartões vermelhos: Cueva e Petros (São Paulo)
Gol:Diego Souza aos 15 do 2º tempo
Público e renda: 33.862 e R$ 755.365,00

São Paulo: Sidão; Régis, Bruno Alves, Anderson Martins (Arboleda) e Reinaldo; Jucilei, Petros e Liziero; Nenê, Valdivia (Cueva) e Diego Souza (Tréllez). Técnico: Diego Aguirre. 
Rosario Central: Jeremías Ledesma; Paulo Ferrari, Maurício Martínez, Oscar Cabezas Segura e Alfonso Parot; Hernán da Campo (Lovera), Néstor Ortigoza e Leonardo Gil; Washington Camacho (Zampedri) e Joaquín Pereyra (Herrera); Marco Ruben. Técnico: José Chamot.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos