Topo

Santos

Santos encara River uruguaio e técnico que alcançou façanha no país

Sandro Pereyra/LatinContent/Getty Images
Jorge Giordano quando ainda treinava o Juventud de Las Piedras Imagem: Sandro Pereyra/LatinContent/Getty Images

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-02-12T04:00:00

12/02/2019 04h00

Jorge Giordano, técnico do River Plate (URU), não é tão famoso mundialmente quanto Jorge Sampaoli, o badalado treinador do Santos. Mesmo assim, ao menos em uma cidade no Uruguai, Las Piedras, Giordano é tão lendário quanto Sampaoli é para a população do Chile, onde conquistou a primeira Copa América da história do país. Os dois medem forças nesta terça-feira (12), às 19h15, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, no Uruguai.

Antes de chegar ao River, o treinador uruguaio conseguiu sob o comando do time local, o Juventud de las Piedras, um feito único: se classificar para a Copa Sul-Americana de 2015. Pode parecer besteira para quem está acostumado a disputar o torneio internacional ou até mesmo a Copa Libertadores da América, mas nenhum dos dois casos representa a realidade do Juventud.

A cidade de Las Piedras tem apenas cerca de 70 mil habitantes e o Juventud joga em um estádio com capacidade para 10 mil pessoas. O clube local frequenta muito mais a segunda divisão nacional do que a primeira e o Giordano chegou ao time quando a equipe tinha subido novamente para a divisão de elite há apenas um ano. O técnico fez a melhor temporada da história do clube, terminou em sexto lugar e garantiu a vaga inédita para a Sul-Americana, onde acabaria eliminado na segunda fase pelo Emelec, do Equador.

Peixe chega descansado após poupar no Paulista

O técnico Jorge Sampaoli sabe da dificuldade da competição continental e poupou seus titulares no Campeonato Paulista para ter força máxima diante do River Plate nesta terça. Os únicos dois desfalques de peso ficam por conta do peruano Christian Cueva, que ainda não foi inscrito no torneio pelo Santos e tem dois jogos de suspensão a cumprir por uma expulsão quando ainda atuava pelo São Paulo, e o zagueiro Luiz Felipe, com um estiramento na coxa direita.

O Santos viajou ao Uruguai na noite do último domingo e fez seu último treino já no país. A dúvida é se o treinador argentino irá optar pelo sistema 4-4-2 ou 3-5-2, sendo que o primeiro é mais provável exatamente por causa do desfalque de Luiz Felipe. O Peixe teria que promover a estreia do jovem Kaique Rocha, de apenas 17 anos, ou improvisar alguém na defesa ao lado de Gustavo Henrique e Felipe Aguilar se quisesse atuar com três zagueiros.

Apostando suas fichas na competição, o Santos joga a Copa Sul-Americana "para valer" pela primeira vez em sua curta história de apenas seis participações no torneio. Na última, em 2010, poupou titulares e acabou eliminado pelo Avaí.

FICHA TÉCNICA
River Plate (URU) x Santos

Data: 12 de fevereiro de 2019 (terça-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: estádio Luiz Franzini, em Montevidéu, no Uruguai
Árbitro: German Delfino (ARG)
Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Lucas Germanotta (ARG)

RIVER PLATE: Gastón Olveira; Claudio Herrera, Iván Silva, Agustín Ale, Luis Olivera; Maximiliano Calzada, Sebastián Piriz, Facundo Ospitaleche e Mauro Da Luz; Facundo Vigo e Juan Manuel Olivera. Técnico: Jorge Giordano.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar e Copete (Orinho); Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota; Soteldo e Derlis González. Técnico: Jorge Sampaoli