Real Madrid troca de camisa e vence Rayo Vallecano em jogo adiado após 'sabotagem'

Do UOL, em São Paulo

  • Dani Pozo/AFP

    Benzema comemora após abrir o placar para o Real Madrid contra o Rayo Vallecano

    Benzema comemora após abrir o placar para o Real Madrid contra o Rayo Vallecano

Aos poucos, o Real Madrid reage no Campeonato Espanhol. Nesta segunda-feira, o time visitou o Rayo Vallecano e venceu por 2 a 0, em jogo válido pela quinta rodada do torneio. Karim Benzema e Cristiano Ronaldo (de pênalti) fizeram os gols do jogo, que havia sido adiado após um 'apagão' ocorrido no estádio.

Com o resultado, o Real Madrid chegou a sete pontos, oito a menos do que o líder Barcelona, e ocupa a sétima posição, logo acima do Rayo Vallecano.

A partida seria disputada neste domingo, mas o estádio Vallecas Teresa Rivera teve as luzes apagadas antes do início da partida. Funcionários do Rayo Vallecano encontraram cabos de energia cortados, o que fez o presidente do clube acreditar em sabotagem. Policiais compareceram ao local na manhã desta segunda-feira para investigar o caso. Há suspeitas de que o 'apagão' tenha sido um protesto de torcedores contra o horário do jogo: 23h (hora espanhola).

O fato curioso foi a troca de uniforme feita pelo Real Madrid para o jogo desta segunda. No domingo, a equipe entraria em campo com camisas verdes, as mesmas usadas na derrota para o Sevilla na última rodada. Nesta tarde, porém, os jogadores vestiram camisetas na cor azul-escura. Kaká ficou no banco de reservas e não foi utilizado durante o jogo.

O Real Madrid assustou logo aos 3min em uma cabeçada de Pepe defendida por Rubén. Dez minutos depois, Benzema abriu o placar para os visitantes. Em rápido contra-ataque, Di María rolou para o atacante marcar. O francês quase ampliou aos 18min, mas Rubén apareceu bem de novo.

CRISTIANO RONALDO PERDE GOL INCRÍVEL

O goleiro do Rayo Vallecano continuava bem na partida. Ele defendeu a finalização de Cristiano Ronaldo aos 22min e se deu melhor no mano a mano com Luka Modric três minutos depois. Os donos da casa tiveram grande chance de empatar aos 33min: Casillas defendeu cabeçada de Delibasic; Casado pegou o rebote e Xabi Alonso, de peito, tirou em cima da linha.

Na segunda etapa, o Real Madrid criava mais oportunidades no ataque, mas pecava nas finalizações. Cristiano Ronaldo, aos 10min, mandou por cima do travessão. O Rayo Vallecano assustou aos 18min em chute perigoso de José Carlos.

O Real Madrid respirou mais aliviado aos 24min, quando Cristiano Ronaldo cruzou e Amat desviou a bola com a mão dentro da área. No minuto seguinte, o português bateu e converteu a cobrança de pênalti.  O camisa sete desperdiçou a chance de ampliar aos 28min, quando recebeu bom passe de Di Maria e acertou a trave. O Rayo Vallecano se abateu e não teve forças para tentar mudar os rumos da partida.

UOL Cursos Online

Todos os cursos