Barça festeja título com vitória de virada e sem Messi sobre o Atlético de Madri

Do UOL, em São Paulo

  • Andres Kudacki / AP

    Messi não jogou bem contra o Atlético de Madri e ainda deixou o campo machucado

    Messi não jogou bem contra o Atlético de Madri e ainda deixou o campo machucado

O Barcelona perdia o jogo para o Atlético de Madri por 1 a 0 e jogava mal quando Messi foi para o vestiário, machucado, e deixou o time com apenas dez jogadores no segundo tempo. E foi neste cenário improvável que o campeão espanhol virou com gols de Alexis e David Villa, que contou com a ajuda do adversário, e comemorou o 22º título nacional com vitória por 2 a 1, fora de casa.

Enquanto o time catalão aproveita a conquista e já se planeja para a próxima temporada, o Atlético tem pela frente o arquirrival Real Madrid na grande final da Copa do Rei, na próxima sexta-feira, no estádio Santiago Bernabéu.

O primeiro tempo do duelo representou bem o que o jogo valia. As duas equipes pareciam desinteressadas e o resultado foi a escassez de boas chances de gol.

Tello teve a principal chance pelo Barcelona, mas Godín conseguiu um desarme providencial e impediu a finalização do atacante.

Porém, bastaram seis minutos na etapa final para que o jogo ganhasse em emoção. Falcao García recebeu na entrada da área e com categoria bateu de bico no canto esquerdo de Pinto para fazer o seu 28º gol no torneio.

Como de costume, o Barcelona tinha a bola no pé a maior parte do tempo, mas isso não era traduzido em chances de gol. O time de Madri se fechou bem na defesa e usava os contra-ataques para assustar Pinto.

Quando o empate parecia improvável já que Messi sentiu uma lesão muscular e teve que deixar o gramado, deixando o time com um a menos, pois Tito Vilanova já havia feito as três substituições, Alexis e Fabregas fizeram bonita tabela e o chileno igualou aos 26min.

O Barcelona seguiu melhor em campo mesmo com dez jogadores em campo e virou o placar com David Villa. Aos 34min, o atacante espanhol finalizou, a bola ia para a linha de fundo, mas bateu em Gabi e foi para as redes. 

MANCHESTER VENCE NA DESPEDIDA DE FERGUSON DE OLD TRAFFORD

VAGNER LOVE BRILHA E DEIXA CSKA PERTO DO TÍTULO RUSSO

  • O atacante brasileiro Vagner Love marcou duas vezes na vitória do CSKA sobre o Lokomotiv de Moscou por 4 a 1 e deixou o time muito perto da conquista do Campeonato Russo. O ex-jogador de Flamengo e Palmeiras, comandou o time, que agora soma 63 pontos. O segundo colocado do torneio é o Zenit, do brasileiro Hulk, que só empatou neste domingo contra o Rostov por 1 a 1. Faltam apenas duas rodadas para o fim da competição e o CSKA pode ser campeão com um jogo de antecedência.

UOL Cursos Online

Todos os cursos