Topo

Esporte


Tarde "atrapalhada" de Neymar é salva ao sofrer pênalti da vitória do Barça

Do UOL, em São Paulo*

2014-03-29T13:51:22

29/03/2014 13h51

*Nota atualizada às 19h25

Neymar foi protagonista do clássico entre Espanyol e Barcelona, duelo de maior rivalidade na Catalunha, e ajudou a sua equipe a vencer por 1 a 0, pelo Campeonato Espanhol, neste sábado. O atacante brasileiro sofreu o pênalti convertido por Messi na etapa final.

O camisa 11 foi um dos destaques da partida com a bola nos pés, e até se envolveu em uma discussão com jogadores do Espanyol durante a primeira etapa.

O atacante da seleção brasileira ainda foi alvo de insultos racistas. Segundo apuração do UOL Esporte com pessoas que estiveram presentes no estádio, imitações de macacos foram feitas quando o atleta tocava na bola. Uma casca de banana também apareceu no gramado após o término do duelo.

Mas Neymar não foi o único a sofrer com parte dos torcedores do Espanyol. Lionel Messi recebeu gritos de "retardado" em referência a uma possível situação de autismo do jogador argentino, enquanto o zagueiro Piqué ouviu insultos relacionados a Shakira, sua namorada.

Neymar, porém, poderia ter tornado a tarefa do Barcelona mais tranquila no clássico bastante quente, mas perdeu duas chances claras de um, uma delas sem goleiro, no primeiro tempo.

Daniel Alves cruzou rasteiro na área do time adversário e Neymar, livre e sem goleiro, bateu por cima do gol. Depois, o brasileiro recebeu grande passe dentro da área, mas bateu para fora. 

O Espanyol ainda reclamou muito antes do intervalo por um suposto pênalti cometido por Mascherano e não marcado pela arbitragem. O argentino acertou um tapa no adversário dentro da área de Pinto. 

Na etapa final, o Barcelona fez pressão e só conseguiu abrir o placar aos 31min. Neymar foi lançado na área e dividiu com Javi López, que tocou a mão na bola. Messi cobrou o pênalti e abriu o placar. 

Poucos minutos depois, o goleiro Casilla foi expulso por tocar a bola com as mãos fora da área e o lateral Javi López teve que ir para o gol. E foi bem, com uma grande defesa em arremate de Sanchez. 

Com a vitória, o Barcelona foi aos 75 pontos, assumiu a liderança do Campeonato Espanhol provisoriamente, mas foi ultrapassado pelo Atlético de Madri, que venceu o Athletic Bilbao por 2 a 1 e chegou aos 76 pontos.  

Mais Esporte