Após 10 meses, trio passa em branco, Barça empata e perde ponta do Espanhol

Do UOL, em São Paulo

  • Pau Barrena/AFP Photo

    Clássico foi o primeiro jogo do Barça sem gol de trio titular desde fevereiro

    Clássico foi o primeiro jogo do Barça sem gol de trio titular desde fevereiro

O Barcelona começou o ano de 2016 sem marcar gols. Em partida neste sábado pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol, o time de Messi, Suárez e Neymar ficou apenas no 0 a 0 com o Espanyol no clássico catalão, disputado no Estádio Cornellà El-Prat.

Por causa do resultado, o time perdeu a liderança do Campeonato Espanhol. Na sequência da rodada, o Atlético de Madri, em casa, venceu o Levante por 1 a 0, gol de Thomas aos 36 minutos do segundo tempo, e tomou a ponta - agora com 41 pontos, contra 39 do Barça.

Vale lembrar que o Barcelona, devido à disputa do Mundial de Clubes, tem um jogo a menos no nacional e pode recuperar a posição se vencê-lo. O compromisso é contra o Sporting Gijón, fora de casa, e está agendado para o dia 16 de fevereiro. 

A partida sem gols ainda encerrou uma longa sequência do trio de ataque do Barça: desde 21 de fevereiro de 2015, a equipe não saía de campo sem balançar as redes em partidas com os três em campo. Na última vez que isto aconteceu, o Barça perdeu para o Málaga por 1 a 0, em jogo pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol 2014/2015.

Desde então, o Barça fez 30 jogos com os três em campo - em todos, o time balançou as redes em todos. Em apenas três partidas (1 a 0 sobre o Manchester City, 1 a 0 sobre o Málaga e 1 a 0 sobre o Celta), venceu com gols de outros jogadores. No total, foram 25 vitórias, três empates e duas derrotas no período.

O primeiro tempo da partida teve os jogadores do Espanyol bem posicionados na defesa, com uma esperta linha de impedimento nas tentativas de lançamento do Barcelona. O time azul-grená teve poucas chances de real perigo para marcar. Aos 15 min, Neymar recebeu de Rakitic em condição irregular; aos 20 min, Messi cobra falta para Suárez, mas uruguaio também estava à frente da defesa.

Mas coube justamente a uma cobrança de falta de Messi a melhor chance do Barça na etapa inicial: aos 35 min, o camisa 10 levantou com perigo na área – a bola fez uma curva e acertou a trave do goleiro Pau López, que nada pôde fazer além de torcer.

O panorama da partida pouco mudou após o intervalo. Com 9 min do segundo tempo, Suárez recebeu de Rakitic e driblou o goleiro, mas ficou sem espaço e também chutou na trave. Com 30 min, Neymar arriscou uma meia-bicicleta, mas Lopez defendeu sem sustos.

Curiosamente, os dois times voltam a se enfrentar na quarta-feira (6), no Camp Nou – desta vez, em duelo pela Copa do Rei.

UOL Cursos Online

Todos os cursos