Messi e Suárez comandam virada do Barça ante Atlético; brasileiro é expulso

Do UOL, em São Paulo

O Barcelona sofreu no início, mas conseguiu superar o Atlético de Madri por 2 a 1, dentro de casa, em disputa direta pela liderança do Campeonato Espanhol. A equipe catalã ainda contou com ajuda do brasileiro Filipe Luís, expulso ainda no primeiro tempo depois de uma entrada dura em Lionel Messi.

Os gols da vitória catalã saíram dos pés de Messi e Suárez. O Atlético de Madri foi às redes com Koke.

Com a vitória, o Barcelona disparou na liderança do Campeonato Espanhol, com 51 pontos, três a mais que o Atlético de Madri, segundo colocado. A equipe catalã, no entanto, tem uma partida disputada a menos que o rival: 21 a 22.

Na próxima rodada, o Barcelona viaja para enfrentar o Levante, no domingo (7). Um dia antes, o Atlético de Madri recebe o Eibar.

 

O jogo

O Atlético de Madri começou a partida impondo uma pressão ao Barcelona que poucas equipes conseguem no Camp Nou. Nos primeiros 20 minutos, o time do técnico Diego Simeone dominou a partida e rapidamente abriu o placar com Koke. O meia recebeu passe de Ferreira Carrasco e completou para o gol.

Depois da pressão inicial, o Barcelona conseguiu se recuperar e não demorou muito para retomar as rédeas da partida. Aos 29 minutos, Neymar tocou para Alba, que deixou o marcador no chão e tocou para Messi balançar as redes. Aos 37, a liderança do placar veio: Daniel Alves lançou Suárez, que ganhou de Giménez no corpo e chutou por debaixo das pernas de Oblak.

ALBERT GEA/REUTERS

Enquanto o Atlético de Madri ainda tentava se recuperar do choque por ter levado dois gols rápidos, a situação ficou ainda pior. Filipe Luís entrou de sola no joelho de Messi, que ficou se contorcendo no chão. O árbitro mostrou o cartão vermelho direito.

O segundo tempo começou em um ritmo mais cadenciado, mas, mesmo assim, o Atlético de Madri quase empatou o jogo aos 10 minutos. Carrasco avançou pela direita e cruzou para Griezmann, que mandou para o gol e Bravo salvou com o pé de maneira impressionante.

Se a situação já estava difícil para o Atlético de Madri, ficou ainda pior aos 20 minutos do segundo tempo. Suárez saiu da grande área e levou um carrinho de Godín. O zagueiro uruguaio viu o segundo cartão amarelo e acabou expulso de campo.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos