Real supera esbarrão com juiz, vence Granada e mantém distância para Barça

Do UOL, em São Paulo

Por pouco o Real Madrid não ficou no empate por causa de um lance bizarro, neste domingo, no Estádio Nuevo Los Cármenes, pelo Campeonato Espanhol. Um esbarrão entre o juiz e o volante Modric resultou no gol do Granada no segundo tempo. Mas o próprio croata fez um golaço no fim e decidiu a vitória por 2 a 1.

Essa foi a quarta vitória do Real Madrid sob o comando de Zidane, após 5 jogos. O resultado mantém o time a 4 pontos do Barcelona, líder do Campeonato Espanhol, que tem 54. O Atlético de Madrid está entre eles, com 1 pontos a mais que o Real. Agora o time merengue enfrentará o Athletic Bilbao, no próximo sábado. Já o Granada segue na zona de rebaixamento e enfrentará o Real Sociedad no domingo.

Chamou atenção a atuação apagada de Cristiano Ronaldo, que fez aniversário nesta sexta-feira e teve poucos motivos para comemorar neste domingo. Ele praticamente se limitou a reclamar de lances em que seus companheiros não tocaram a bola.

O jogo

O Granada fez um bom jogo desde o primeiro tempo. Logo no início, conseguiu criar chances porque aproveitou a defesa avançada do Real Madrid para fazer transições rápidas e lançamentos perigosos. O goleiro Navas teve que sair da área duas vezes para evitar o perigo. 

Mas o Real Madrid tinha muito mais posse de bola e talento, então passou a dominar o jogo depois dos 20 minutos iniciais, com boas jogadas pelas laterais. Até que um belo passe de Isco para Carvajal, aos 29min, desmontou a defesa do Granada. O lateral avançou e tocou para Benzema finalizar facilmente para a rede. Foi o 19º gol do francês, que é vice-artilheiro do Espanhol junto com Cristiano Ronaldo. Luis Suárez lidera com 20.

No segundo tempo, logo no primeiro tempo, Marcelo tentou evitar um lateral e deu um contra-ataque perfeito para o Granada, desperdiçado por Isaac. Mas depois, o Real chegou perto do gol com uma bomba de Modric e uma finalização de Benzema dentro da área, mas o goleiro Fernández brilhou.

Aos 14min, aconteceu o gol do Granada, que começou de forma bizarra. Modric correu para trás com a bola dominada e acabou esbarrando no juiz Gil Manzano. Pérez ficou com a bola, tocou para El Arabi, que finalizou para o gol após a saída de Navas.

Naturalmente isso deu confiança para o Granada, que foi para o ataque e chegou perto de fazer o segundo gol. Aos 25min, El Arabi até balançou a rede, mas estava impedido. Logo depois, Isaac ficou frente a frente com Navas e caiu pedindo pênalti, mas o juiz não marcou.

O Real ficou desesperado com o placar, parou de tocar a bola, apostou em lançamentos longos e mostrou muita ansiedade no ataque. Porém, Modric teve a frieza necessário para decidir o jogo com um golaço aos 40min. Ele avançou pelo meio e chutou com força e precisão para balançar a rede.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos