CR7 dispara após derrota: "Se todos tivessem meu nível, estaríamos em 1º"

Do UOL, em São Paulo

Cristiano Ronaldo não economizou nas palavras após o Real Madrid perder do Atlético de Madri por 1 a 0, neste sábado, e ficar muito distante do sonho de conquistar o título do Campeonato Espanhol. O atacante afirmou que seus colegas de equipe não estão no seu nível e disse que o time sente falta de titulares lesionados, como Bale e Marcelo.

"Se todos tivessem meu nível, estaríamos em primeiro. Todos os anos, segundo a imprensa, parece que estou na m..., mas os números e as estatísticas não enganam", disparou o português.

"Não quero menosprezar ninguém, nenhum companheiro, mas quando não estão os melhores, é difícil ganhar. Eu gosto de jogar com Pepe, Karim (Benzema), Bale, Marcelo... Não quero dizer que Jesé, Lucas, Kovacic não são bons. São muito bons, mas...", continuou.

O astro do Real também reclamou da sequência de lesões que vem prejudicando o time na temporada. "Não sei se é por uma preparação ruim no começo, mas há muitas contusões e isso nos atrapalha. Danilo, por exemplo, foi o melhor em campo hoje para mim... Mas ao longo de uma temporada, é complicado, porque os melhores são melhores quase sempre", disse, fazendo nova referência à ausência de Marcelo, que ficará três semanas sem jogar.

"Para ganhar uma competição, você precisa dos melhores. E os nossos melhores estão machucados, infelizmente. É um fato, uma realidade, não estou menosprezando os que aqui estão. Se você não tem os melhores jogadores, você não ganha, e acho que esse é o problema principal neste ano", continuou.

Posteriormente, ao jornal Marca, Cristiano afirmou que estava se referindo apenas à forma física em sua declaração. "Quando eu disse isso, me referia ao nível físico, não ao nível de jogo. Eu não sou melhor que nenhum de meus companheiros", afirmou.

Capitão Sergio Ramos defende CR7

O capitão do Real, Sergio Ramos, defendeu Ronaldo e disse que o camisa 7 se expressou mal. "Não acho que Cristiano tenha ido pelo caminho de menosprezar o companheiro. Muitos se matam por uma oportunidade. Conheço Cristiano bem e talvez tenham tirado suas palavras de contexto", disse o zagueiro.

"Eu me sinto orgulhoso de todos os meus companheiros e acho que Cristiano pensa como eu. Foi uma maneira ruim de se expressar, mas eu o conheço muito bem e nunca escutei essas palavras de sua boca. Não sei se hoje ou amanhã, mas talvez ele explicará por que disse isso", completou Ramos.

Cristiano Ronaldo teve um jogo apagado contra o Atlético, assim como todos os seus companheiros de Real Madrid. Suas melhores chances foram em uma cobrança de falta e uma cabeçada dentro da área, mas o goleiro Oblak defendeu as duas tentativas.

O Real Madrid agora tem 54 pontos, na terceira posição do Espanhol, contra 58 do Atlético e 63 do Barcelona. O time catalão entra em campo neste domingo contra o Sevilla e pode aumentar ainda mais sua vantagem na liderança.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos