Após falar demais, C. Ronaldo faz gol e dá assistência em vitória do Real

Do UOL, em São Paulo

Com 12 pontos atrás do líder Barcelona, o Real Madrid jogou soltou contra o Levante, nesta quarta-feira (2), pelo Campeonato Espanhol. Em um jogo bastante aberto e com muitas chances para o time merengue balançar as redes, a equipe do técnico Zinedine Zidane saiu vencedora por 3 a 1: Cristiano Ronaldo, Mayoral e Isco fizeram para o Real; Deyverson descontou.

A partida, válida pela 27ª rodada, colocou o Real Madrid a nove pontos do líder Barcelona. Uma vantagem que ainda pode aumentar: o time de Lionel Messi entra em campo na próxima quinta-feira, contra o Rayo Vallecano.

APÓS CRISE, GOL E ASSISTÊNCIA DE CRISTIANO RONALDO

 

O Real Madrid fez sua primeira partida depois da polêmica criada por causa de uma declaração de Cristiano Ronaldo. Após a derrota para o Atlético de Madri, o português disparou: "Se todos tivessem meu nível, estaríamos em primeiro". E contra o Levante, o camisa 7 mostrou o quanto é importante para o time: um gol e uma assistência. E, ao que tudo indica, a crise está superada, pois os jogadores foram comemorar junto com Ronaldo depois que Isco balançou as redes com um passe do português.

ESTREANTE TEM GOL "TIRADO" E IMPLORA AO ÁRBITRO

 

O jovem Borja Mayoral, de apenas 18 anos, foi da alegria ao lamento na vitória do Real Madrid. Em sua primeira partida como titular pelo clube, ele balançou as redes aos 37 minutos do primeiro tempo, mas acabou tendo o gol tirado de si: o árbitro Ricardo de Burgos Bengoetxea assinalou gol contra.

"Falei para ele: 'dá para mim, por favor, porque é meu primeiro gol. Ele disse que daria para mim, mas no final não deu", lamentou Mayoral depois da partida, em declaração publicada pelo "Marca".

BRASILEIRO DO LEVANTE ESTÁ TRANQUILO E FAVORÁVEL

 

O nome é complicado, mas a fase é tranquila, tranquila. Na atual temporada do Campeonato Espanhol, o brasileiro Deyverson é o artilheiro do Levante, com sete gols. E contra o Real Madrid o atacante também deixou sua marca, quando o jogo já estava 2 a 0 para o time merengue. Na comemoração, a dancinha da moda: o famoso "sinal do Ronaldinho", da música "Tá Tranquilo, Tá Favorável".

 

CHAMA A "TURMA DO DEIXA DISSO"

 

Aos 21 minutos do primeiro tempo, já com jogo parado por irregularidade na área após cobrança de escanteio do Real, James Rodríguez aproveitou sobra de bola e bateu para o gol, em finalização que atingiu o rosto do rival Iván Lopez. O lance ocorreu, provavelmente, por não ter conseguido frear o movimento depois do apito do árbitro, mas os jogadores do Levante entenderam como provocação e deram início ao empurra-empurra.

Foi breve: logo a "turma do deixa disso" entrou no meio – e o zagueiro Pepe fez parte dela, acredite – para apartar a briga.

TOALHA JOGADA E SEIS DESFALQUES FAZEM ZIDANE USAR O ELENCO

Alessandra Tarantino/AP Photo

"A Liga está acabada, mas não vamos abandonar a temporada". A forte frase foi dita pelo técnico do Real, Zinedine Zidane, logo após a derrota para o Atlético de Madri, no último final de semana. Com 12 pontos atrás do líder Barcelona e seis desfalques - Benzema, Bale, Modric e Marcelo, machucados, e Sergio Ramos e Carvajal, suspensos -, o francês aproveitou a partida para dar chances a jogadores que haviam tipo pouco tempo de jogo no ano. E foi o caso do volante Casemiro, que só havia atuado por 22 minutos em 2016 e começou a partida desta quarta-feira como titular.

Reprodução

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos