Luis Enrique defende jogadores do Barça após derrota: "Não são máquinas"

Do UOL, em São Paulo

  • Emilio Morenatti/AP Photo

Luis Enrique, técnico do Barcelona, defendeu seus jogadores após a derrota por 1 a 0 para o Real Sociedad, que deixou o Atlético de Madrid a apenas três pontos da equipe catalã na tabela. De acordo com o treinador, o momento negativo no Campeonato Espanhol representa uma oportunidade para que o time reafirme sua qualidade de agora em diante.

"Não são máquinas, são pessoas. Não há desculpas para esta derrota. Não é um momento de nos destruir e pensar que estamos em uma sequência negativa, mas, sim, para que possamos nos levantar desde já. É uma bela oportunidade para demonstrar que somos os melhores do mundo, como reflete o escudo que levamos no peito", afirmou.

O comandante de Messi e Neymar evitou falar de suas preocupações com o time, embora tenha reconhecido que "muita gente de fora fará isso". Apesar de ressaltar a vantagem do Barcelona na tabela, ele admitiu que a queda por 1 a 0 em San Sebastián levou emoção ao campeonato.

"Somos líderes com três pontos de vantagem sobre o Atlético e quatro sobre o Real Madrid. Claro que há uma liga apaixonante em jogo, mas ganhará o melhor e temos tudo à nossa disposição [para ficar com o título]", destacou.

"Há três semanas, a situação era mais folgada, mas as outras equipes apertaram e não tivemos [atuações] à altura nos últimos jogos. Temos que ver no que podemos melhorar. Chorando e nos lamentando, não saímos dessa situação", acrescentou.

O Barcelona tentará a recuperação no Campeonato Espanhol no próximo dia 17 (domingo), contra o Valencia, no Camp Nou. Luis Enrique enfatizou a importância da torcida culé para que a equipe volte a vencer na competição.

"Sempre digo que a torcida tem que estar com a equipe quando precisamos. Agora é um desses momentos. Precisamos de todos os torcedores. Na semana que vem, quero ver o Camp Nou como nunca vi".

UOL Cursos Online

Todos os cursos