Real Madrid bate Villarreal no Bernabéu e segue na cola de líderes

Do UOL, em São Paulo

O adversário era dos mais difíceis no Campeonato Espanhol, mas o Real Madrid não deu chances para o Villarreal nesta quarta-feira (20) em confronto da 34ª rodada do Campeonato Espanhol. Com gols de Benzema, Lucas Vázquez e Modric, o time da capital venceu por 3 a 0 no Santiago Bernabéu e manteve vivas as chances de título na competição.

Isso porque o clube madrileno foi aos 78 pontos e continua a um ponto do líder Barcelona e do vice-líder Atlético de Madri, ambos com 79, restando quatro jogos para o final da competição. O Villarreal é o quarto colocado da competição, com 60 pontos e uma vantagem confortável para se classificar à Liga dos Campeões de 2016-17.

Quem brilhou: Benzema é oportunista e participativo

Autor do primeiro gol do Real Madrid em lance de pleno oportunismo, aproveitando rebote do goleiro Asenjo e cabeceando para as redes do Villarreal, Benzema mostrou oportunismo e se movimentou bem durante todo o jogo, aparecendo como atleta mais perigoso do ataque dos madrilenos, desfalcado de Bale. Lucas Vázquez jogou na posição do galês e deu conta do recado, marcando um golaço no qual Benzema ajudou fazendo o pivô fora da área. O francês teve bastante mobilidade, trocando de posição tanto com Ronaldo quanto como Vázquez. Repetindo o pivô, desta vez no meio-campo, ele iniciou o contra-ataque que resultou no terceiro gol da partida, de Modric.

Danilo aproveita oportunidade como titular

Muito criticado pelo jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões contra o Wolfsburg, Danilo foi relegado à reserva para a volta e viu Carvajal ter bom desempenho e receber elogios. Contra o Villarreal, o lateral direito brasileiro voltou a ter oportunidade no 11 inicial e, desta vez, a aproveitou, aparecendo bem no ataque e não sendo uma avenida na defesa. A reviravolta é positiva para o jogador, que teve seu nome vinculado ao mercado de transferências na última semana, com a Juventus aparecendo como interessada. O lateral brasileiro registrou a assistência para o terceiro gol, disparando pela ponta direita e acertando cruzamento perfeito para Modric definir de primeira.

O desempenho do Real Madrid: defesa segura e eficiência

A defesa da equipe treinada por Zinedine Zidane não deu chances para o Villarreal nesta quarta-feira, permitindo que Keylor Navas tivesse uma noite tranquila protegendo as traves do time da casa. A segurança atrás foi bem aproveitada na recuperação da posse de bola, utilizada pelo Real Madrid para construir contra-ataques velozes que pegaram desprevenida a retaguarda adversária. Dois gols tiveram origens em lances desse tipo, com os madrilenos tirando bastante proveito das pontas para aproximação à área rival.

Machucou? CR7 sai de campo nos acréscimos

Nos minutos finais da partida, o Real Madrid ficou com 10 jogadores em campo. O motivo? A saída antecipada de Cristiano Ronaldo, que deixou o gramado após tentar - e fracassar - uma bicicleta. O português, artilheiro do Campeonato Espanhol com 31 gols, caiu de costas no chão e foi direto para o banco de reservas, se poupando do fim do jogo. Pelo que foi mostrado na transmissão, não ficou aparente a lesão que ele pode ter sentido.

FICHA TÉCNICA

Real Madrid 3 x 0 Villarreal

Data: 20/4/2016
Local: Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha)
Hora: 17h (de Brasília)
Gols: Benzema, 41' do primeiro tempo, Lucas Vázquez, 24', Modric, 31' do segundo tempo (Real Madrid)

Real Madrid: Keylor Navas, Danilo, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Modric (James Rodríguez) e Kroos (Isco); Lucas Vázquez (Jesé), Benzema e Cristiano Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane

Villarreal: Sergio Asenjo; Mario, Bonera, Bailly e Rukavina; Bruno, Trigueros (Rodrigo Hernández), Jonathan  dos Santos (Samu) e Denis Suárez; Adrián (Léo Baptistão) e Bakambu. Técnico: Marcelino García Toral

UOL Cursos Online

Todos os cursos