Técnico bate boca e quase sai no tapa com jogador no Campeonato Espanhol

Do UOL, em São Paulo

A missão do Rayo Vallecano era das mais difíceis. O time que briga contra o rebaixamento no Campeonato Espanhol tinha de encarar o Atlético de Madri, candidato ao título e semifinalista da Liga dos Campeões, fora de casa. Não deu. A modesta equipe visitante perdeu por 1 a 0 e o clima esquentou na beira do gramado.

O protagonista da confusão foi o português Bebé, que se irritou ao ter sido substituído pelo técnico Paco Jémez no meio do segundo tempo. Inconformado com a opção do chefe, ele foi tomar satisfação e por pouco o bate-boca não virou briga.

A dupla teve de ser separada pelo assistente-técnico do Rayo Vallecano. Segundo o diário espanhol Sport, Jemez estaria acusando Bebe de ter falhado no gol de Griezmann, que deu a vitória ao Atlético de Madri por 1 a 0. 

Questionado sobre a situação, o treinador respondeu: "não foi apenas culpa do Bebé. Tampouco ele ajudou muito nesta situação. Tentaremos corrigir".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos