Barça encara 'fantasma do clássico local' em rodada decisiva na Espanha

Do UOL, em São Paulo

Os gols que decidiram o Espanhol 2006/2007

Com três clubes colados na classificação, a penúltima rodada do Campeonato Espanhol, neste domingo (08), surge como decisiva para Barcelona, Atlético de Madri e Real Madrid em suas pretensões por título. E, neste cenário, o clube catalão tem pela frente o reencontro com um 'fantasma' histórico: faz um clássico local contra o Espanyol, que já comprometeu uma conquista do arquirrival em outro duelo nas mesmas condições.

Há nove anos, as duas equipes se enfrentavam exatamente na mesma situação: clássico contra o Espanyol no Camp Nou pela 37ª rodada, com o Barça disputando o campeonato ponto a ponto e sendo ameaçado de perto pelo arquirrival Real Madrid, que jogava no mesmo horário. O desfecho da temporada 2006/2007 é inesquecível para os torcedores dos três times envolvidos.

No final do jogo, o Barça vencia por 2 a 1, ao passo que o Real perdia pelo mesmo placar para o Zaragoza, resultados que deixavam os catalães com três pontos de vantagem na última rodada e com as duas mãos na taça. Mas, em um minuto (o último dos dois jogos) tudo mudou.

Um gol do então capitão Raúl Tamudo levou o Espanyol a um empate improvável e calou a torcida que lotava o Camp Nou, em um episódio que ficou conhecido como "Tamudazo". O resultado jogou a taça no colo do Real, que também conseguiu um empate salvador no último minuto fora de casa.

Com dois empates por 2 a 2, Barça e Real chegariam à última rodada empatados em pontos, mas o Real tinha uma vitória a mais. Ambos venceriam com tranquilidade seus últimos jogos, e os merengues garantiriam o título daquele ano, com uma equipe cheia de brasileiros: Roberto Carlos, Emerson, Robinho, Cicinho e Marcelo (Ronaldo tinha deixado o time meses antes).

O clima esquentou entre os rivais de Barcelona

E aquele Barcelona x Espanyol entraria para a história como o início do acirramento de uma rivalidade catalã que durante muito tempo ficou adormecida. Os torcedores do Espanyol alçaram Tamudo à condição de ídolo eterno, principalmente por ter saído de seus pés a desgraça dos rivais.

De lá pra cá, têm sido comuns cenas de provocações e ofensas entre jogadores dos dois times, com destaque para o duelo particular entre Luiz Suárez e o goleiro Pau López em jogo deste ano.

As duas torcidas também acirraram suas disputas, que às vezes saem de campo e entra no terreno político: enquanto o Barcelona defende a emancipação da Catalunha em relação à Espanha, o Espanyol é historicamente ligado à realeza e à unidade da nação.

A briga no topo da tabela está acirrada, com Barcelona e Atlético de Madri na ponta com 85 pontos - o time catalão leva vantagem no confronto direto. O Real vem logo atrás com 84. Um triunfo do Barça e derrotas dos rivais define o campeão espanhol já neste domingo.

As partidas decisivas da penúltima rodada do Campeonato Espanhol

12h00    Barcelona x Espanyol
12h00    Real Madrid x Valencia
12h00    Levante x Atlético de Madri

UOL Cursos Online

Todos os cursos