Barcelona fez 112 gols na Liga. Mais de 80% saíram dos pés do trio MSN

Do UOL, em São Paulo

Não é novidade nenhuma que o trio MSN é um dos grandes diferenciais do Barcelona. Mas ainda assim os números de Messi, Suárez e Neymar no Campeonato Espanhol 2015/16 impressionam. Dos 112 gols marcados pelo time catalão, 90 foram marcados pelos sul-americanos – mais de 80% (80,35).

Três deles foram decisivos para o Barcelona confirmar o título espanhol neste sábado, após vitória de 3 a 0 sobre o Granada. E os três foram de Suárez. Ele chegou aos 40 gols e terminou a Liga como artilheiro, ficando a cinco de distância de Cristiano Ronaldo, que fez 35. "Eu marco os gols graças ao trabalho dos meus companheiros", disse o camisa 9.

Suárez, aliás, marcou mais gols que seis times da elite do futebol espanhol. Ele ficou à frente de Málaga (34), Betis (32), Espanyol (36), Getafe (36), Sporting Gijón (38) e Levante (36).

Quem aparece na sequência é Lionel Messi, com 26 gols, seguido de Neymar, que foi às redes 24 vezes no Espanhol. O brasileiro até poderia ter ampliado a marca neste sábado e ultrapassado Benzema (com os mesmos 24) na artilharia, mas foi extremamente generoso e deu de presente para Suárez o gol que lhe garantiu o hat-trick diante do Granada.

E não foi só no ataque que o Barcelona alcançou números significativos nesta Liga Espanhola. Às vezes contestada, a defesa cresceu de produção na reta final e chegou a cinco jogos seguidos sem ser vazada. No total, foram 29 gols sofridos em 38 jogos, número inferior apenas ao do terceiro colocado Atlético de Madri, que só levou 18.

"Foi um título merecido. O time mostrou que pode superar momentos difíceis. Estou muito feliz", disse o técnico Luís Henrique em entrevista coletiva após o jogo.

"Nós sofremos até o fim, mas é glorioso. Ganhar seis títulos de Liga nas últimas oito temporadas, com o mesmo estilo", festejou Iniesta.

Agora, o Barcelona terá pouco tempo para comemorar o Espanhol. Isso porque o time catalão volta a campo no dia 22 de maio para decidir o título da Copa do Rei diante do Sevilla, no estádio Vicente Calderón.

UOL Cursos Online

Todos os cursos