Sem Neymar, jornalistas da Uefa escolhem seleção do Campeonato Espanhol

Do UOL, em São Paulo

  • Manu Fernandez/AP

    Neymar ficou atrás de nomes como Messi, Cristiano Ronaldo, Suárez e Griezmann

    Neymar ficou atrás de nomes como Messi, Cristiano Ronaldo, Suárez e Griezmann

O brasileiro Neymar ficou de fora de uma seleção dos melhores do Campeonato Espanhol 2015/16, escolhida por jornalistas do site oficial da Uefa. O ataque do time foi composto por Cristiano Ronaldo, Luis Suárez e Antoine Griezmann.

Suárez foi o artilheiro do Espanhol, com 40 gols, enquanto Cristiano terminou com 35. Já Griezmann fez 22 gols, dois a menos que Neymar, mas foi escolhido por ter "mantido o Atlético de Madri na briga pelo título até a penúltima rodada".

Lionel Messi, que marcou 26 gols, foi escalado como meio-campista em vez de atacante. O texto da Uefa diz que ele foi "obrigado a recuar para armar mais jogadas após a saída de Xavi" e que "se saiu bem na tarefa", com 16 assistências, empatado com Suárez neste quesito como melhor do campeonato.

O Brasil foi representado na seleção pelo lateral esquerdo Filipe Luís, do Atlético de Madri. O time de Diego Simeone, aliás, compôs quase toda a defesa, contando também com o goleiro Oblak, o lateral Juanfran e o zagueiro Godín.

O time completo ficou assim: Oblak (Atlético); Juanfran (Atlético), Víctor Ruiz (Villarreal), Godín (Atlético) e Filipe Luís (Atlético); Busquets (Barcelona), Modric (Real Madrid) e Messi (Barcelona); Griezmann (Atlético), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Suárez (Barcelona). O melhor técnico foi Ernesto Valverde, que levou o Athletic Bilbao ao quinto lugar.

UOL Cursos Online

Todos os cursos