Cristiano Ronaldo volta, faz gol e Real atropela Osasuna

Do UOL, em São Paulo

Após se lesionar na final da Eurocopa, Cristiano Ronaldo voltou a atuar pelo Real Madrid neste sábado (10), diante do Osasuna, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Espanhol. E o retorno não poderia ser melhor: o português marcou um dos gols da equipe na vitória por 5 a 2 no Santiago Bernabéu.

Os outros gols madridistas foram marcados por Danilo, Sergio Ramos, Pepe e Modric. Riera e David García descontaram para os visitantes. Torres, do Osasuna, ainda desperdiçou uma penalidade quando o placar estava 5 a 1.

Com este resultado, a equipe dirigida pelo técnico Zinedine Zidane mantém o 100% de aproveitamento na competição, com três vitórias em três jogos no Nacional. O Osasuna continua sem vencer no Espanhol e possui apenas um ponto ganho.

Na próxima rodada, dia 18 de setembro (domingo), o Real visita o Espanyol, enquanto o Osasuna recebe o Celta de Vigo.

AFP PHOTO / GERARD JULIEN

Primeiro tempo tranquilo para o Real

Mesmo que jogasse com o time todo reserva, o Real Madrid entraria como favorito diante do Osasuna no Santiago Bernabéu.

Mas além de contar com praticamente sua força máxima, o time de Zidane ainda teve o retorno do seu principal jogador: Cristiano Ronaldo. E ele voltou com gol.

Logo aos 5 minutos da partida, o craque português balançou as redes do adversário ao aproveitar um passe do galês Gareth Bale. Livre, na área, o camisa 7 só teve o trabalho em completar para a meta vazia.

Depois do susto, a tranquilidade

O Real manteve o controle do duelo no primeiro tempo, porém acabou levando um susto aos 39 minutos. O zagueiro Unai García cabeceou com liberdade na área e carimbou o travessão de Casilla.

A resposta dos mandantes foi rápida e fatal. Aos 40, o lateral direito brasileiro Danilo aproveitou uma bola mal afastada pela defesa do Osasuna, chutou cruzado e ampliou a vantagem do Real.

Cinco minutos depois, o zagueiro Sergio Ramos fez o terceiro em sua especialidade: jogada aérea. Após uma cobrança de escanteio, o defensor subiu mais alto do que a zaga adversária e testou firme, sem chances para Nauzet Pérez. 

Um gol atrás do outro no segundo tempo

Já na segunda etapa, aos 10 minutos, Pepe "imitou" seu companheiro de zaga e também marcou de cabeça- o quarto gol madridista. Não demorou muito e o meia croata Modric ampliou a vantagem para o Real com um belo chute de fora da área.

Porém, após fazer o quinto gol, os mandantes relaxaram e sofreram um gol de cabeça de Riera, que havia acabado de entrar no lugar de Revière. Apesar de ver a vantagem diminuída, Zidane resolveu poupar Cristiano Ronaldo e colocou Benzema em seu lugar.

O Osasuna cresceu e teve um pênalti assinalado a seu favor. No lance, Romero que saiu do banco de reservas, driblou o goleiro Casilla e foi derrubado. Oier chegou a pegar a sobra e fazer o gol, mas o árbitro o anulou por causa da infração. Torres cobrou e Casilla se redimiu com uma bela defesa.

Ainda deu tempo de os visitantes marcarem mais um gol. David García subiu mais do que a zaga do Real e encobriu o goleiro rival com uma bonita cabeçada.

O francês Benzema teve duas ótimas oportunidades para deixar o seu gol, porém parou na trave em ambas as chances.

Quase no fim da partida, o Osasuna ficou com um jogador a menos. Tano, que já tinha amarelo, recebeu o segundo cartão e foi expulso pelo árbitro Fernández Borbolán.

REAL MADRID 5 X 2 OSASUNA
Data: sábado, dia 10 de setembro de 2016
Local: Santiago Bernabéu, Madri
Horário: 11h (horário de Brasília)
Árbitro: Fernández Borbalán
Gols: Cristiano Ronaldo, aos 5 minutos do primeiro tempo; Danilo, aos 40 minutos do primeiro tempo; Sergio Ramos, aos 45 minutos do primeiro tempo; Pepe, aos 10 minutos do segundo tempo; Modric, aos 17 minutos do segundo tempo; Riera, aos 19 minutos do segundo tempo; e David García, aos 33 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Flaño, Unai García e Tano (Osasuna); Danilo , Casilla e Sergio Ramos  (Real)
Cartão vermelho: Tano (Osasuna)

Real Madrid: Casilla; Danilo, Sergio Ramos, Pepe e Nacho; Kroos, Kovacic e Modric (Asensio); Bale (Lucas Vázquez), Morata e Cristiano Ronaldo (Benzema).
Técnico: Zinedine Zidane

Osasuna: Nauzet Pérez; Tano, Flaño, Fuentes, David García e Unai García; De Las Cuevas (Torres), Fausto e Oier; Kenan Kodro (Romero) e Revière (Riera).
Técnico: Enrique Martín


 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos