Alavés e La Coruña empatam sem gols e com carrasco do Barcelona apagado

Do UOL, em São Paulo

  • LLUIS GENE/AFP

    Carrasco do Barcelona no Camp Nou, Deyverson passou em branco nesta segunda-feira

    Carrasco do Barcelona no Camp Nou, Deyverson passou em branco nesta segunda-feira

A torcida do Alavés até tentou valorizar o fator casa, mas o empate em 0 a 0 persistiu no confronto com o Deportivo La Coruña nesta segunda-feira (19), no animado estádio Mendizorroza. A sonolenta partida encerrou a quarta rodada do Campeonato Espanhol, mas pouco interferiu na campanha dos dois clubes.

O resultado deixa a equipe comandada pelo argentino Mauricio Pellegrino com 6 pontos e na nona posição do torneio, que tem o Real Madrid na liderança isolada com 12. O La Coruña, por outro lado, subiu ao 11º lugar com cinco.

Os times voltam ao campo na próxima quinta-feira: enquanto o Alavés se prepara para visitar o Valencia, os comandados de Garitano recebem o Leganés.

Deyverson sedento no ataque

Nove dias depois de viver noite de Neymar no Camp Nou, o brasileiro Deyverson pode dizer que não lhe faltou esforço para brilhar também diante do La Coruña. Mas o atacante ficou só na vontade: mesmo sedento por jogadas e sem fugir de divididas, dessa vez não conseguiu decidir a favor do Alavés. Ineficientes e em noite pouco criativa, seus colegas de meio-campo não o ajudaram, e mesmo o capitão Manu Garcia não produziu chances de gol.

Pontaria desajustada

É certo que os dois lados pouco arriscaram na partida com suas posturas cautelosas e estudiosas, mas as raras oportunidades ofensivas também não levaram grande perigo aos dois goleiros. Quinze minutos foram necessários para que as duas equipes sequer finalizassem, mas os chutes de Theo Hernandez e Andone não acertaram as metas defendidas por Pacheco e Lux.

Bom público e festa ininterrupta

O primeiro goleiro testado foi Pacheco, do Alavés, quando Marlos Moreno girou em seu próprio eixo na entrada da área e tentou decidir sozinho com um chute rasteiro. A bola sairia à esquerda do gol, mas foi o suficiente para que o arqueiro da casa trabalhasse pela primeira vez. Lance incapaz de desanimar os 16.854 torcedores presentes no Mendizorroza, que só pararam de cantar quando interrompidos pelo locutor do estádio.

Foi pênalti ou "piscinaço"?

O segundo tempo do confronto começou tão morno quanto os 45 minutos iniciais. Na tentativa de inflamar o jogo, Theo Hernandez caiu na área e disse ter sido derrubado pelo lateral Juanfran. Nem mesmo a torcida do La Coruña comprou sua versão: nas redes sociais, o lance foi tratado com ironia pelo público, que o comparou ao meme do "piscinaço" de Cristiano Ronaldo. Parece ter ficado até barato para o "mergulhador", que não recebeu cartão amarelo. Decisão acertada do árbitro Juan Martinez Munuera?

Expectativa frustrada por Marlos Moreno

Campeão da Libertadores com o Atlético Nacional e recém-contratado pelo Manchester City, Marlos Moreno era o centro das expectativas dos ingleses e dos torcedores do La Coruña. Atuando como titular pela primeira vez após disputar os 22 minutos finais da derrota para o Athletic Bilbao, o colombiano que esteve na mira do Santos foi tão improdutivo quanto seus novos companheiros. Terminou a partida no banco de reservas após ser substituído por Borja Valle aos 25 do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA
ALAVÉS 0 x 0 LA CORUÑA

Data e hora: 19/09/2016, segunda-feira, às 15h45 (de Brasília)
Local: estádio Mendizorroza, em Vitoria-Gasteiz (Espanha)
Árbitro: Juan Martinez Munuera
Cartões Amarelos: Alexis, Deyverson e Garcia (Alavés); Bruno Gama, Arribas, Albentosa e Andone (La Coruña).
Publico: 16.854 torcedores

ALAVÉS: Pacheco; Kiko, Laguardia, Alexis, Garcia e Hernandez; Mendez (Katai), Llorente, Manu Garcia e Ibai (Toquero Pinedo); Deyverson (Santos).
Técnico: Mauricio Pellegrino

LA CORUÑA: Lux; Juanran, Albentosa, Arribas e Luisinho; Mosquera Parada, Borges, Bruno Gama (Guilherme), Fajr e Marlos Moreno (Borja Valle); Andone.
Técnico: Gaizka Garitano

UOL Cursos Online

Todos os cursos