Diego Alves se isola como maior pegador de pênaltis da história do Espanhol

Do UOL, em São Paulo

Diego Alves entrou para história do Campeonato Espanhol neste domingo (25) na vitória por 2 a 1 do Valencia sobre o Leganés. O goleiro brasileiro se isolou como o maior pegador de pênaltis do torneio, deixando para trás Andoni Zubizarreta ao defender cobrança de Szymanowski e evitar que seu time empatasse por 2 a 2 na sexta rodada da competição. O Twitter oficial da competição exaltou o feito do brasileiro:

O goleiro alcançou o feito e aproveitou para limpar seu nome do lance que antecedeu o pênalti, quando saiu mal do gol e cometeu a falta que resultou na penalidade.

De acordo com levantamento do jornal "Marca", Diego tem um aproveitamento expressivamente superior aos seus concorrentes mais próximos, todos aposentados. O goleiro, que também teve passagem pelo Almería, evitou 17 de 37 cobranças feitas na direção de sua meta, com um índice de defesas de 44% - ele participou de outras duas penalidades, uma na trave e outra para fora.

Como comparação, Zubizarreta, ex-Barcelona e com quem ele dividia o recorde até este domingo, pegou apenas 16 de 103 pênaltis cobrados contra seu gol, salto de 15% de defesas. Dos outros membros do Top-5, Santiago Cañizares, ex-Real Madrid e também Valencia, é quem chega mais perto de Diego no quesito aproveitamento, com 13 penalidades defendidas de 57, saldo de 22,8% de gols evitados.

Segundo o especialista em estatísticas Mister Chip, Diego Alves também esteve envolvido em outras quatro cobranças em Liga dos Campeões, Liga Europa e Copa do Rei. Delas, o brasileiro salvou três.

UOL Cursos Online

Todos os cursos