Real vive pior fase dos últimos sete anos, mas Zidane não ve crise

Do UOL, em São Paulo

Há sete anos, o Real Madrid viveu uma situação delicada na temporada 2008/2009 e sofreu cinco derrotas consecutivas. Desde então, o time merengue nunca passou por um momento tão complicado como o atual. Nas últimas quatro partidas foram quatro empates, contando com o resultado de 1 a 1 com o Eibar neste domingo, em casa. Mesmo assim o técnico Zinedine Zidane se recusou a dizer que trata-se de uma crise.

"Tenho que buscar soluções porque isso tem que mudar. Mas não estamos em crise. Temos que colocar mais intensidade. Em primeiro lugar, eu tenho que colocar mais intensidade nos treinamentos. Vínhamos fazendo isso e agora não. Temos que mudar, não pode seguir assim", afirmou o técnico francês.

Nessa má fase o principal problema do Real, de acordo com Zidane, tem sido o começo de jogo ruim: "se eles fazem um gol primeiro, depois se defendem bem. Se o adversário é agressivo, fica bastante difícil. Ultimamente não estamos colocando intensidade suficiente no início para ganhar a partida", insistiu.

O goleiro Keylor Navas, que precisou trabalhar bem para evitar um resultado pior contra o Eibar, também pediu mudanças: "empatar em casa nunca é agradável. Com certeza temos que melhorar. Temos que trabalhar mais fortes e estamos doloridos. Estamos tranquilos, mas conscientes de que precisamos melhorar, porque perdemos muitos resultados importantes".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos