Foram dois pênaltis claros, diz Zidane após polêmica em jogo do Real

Do UOL, em São Paulo

O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, afirmou que os dois pênaltis marcados a favor do seu time durante a vitória por 4 a 1 sobre o Alavés, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol, neste sábado (29), foram "claros".

"Não falo sobre árbitros. Nem a favor e nem contra. Os dois pênaltis foram claros. Podemos perder um dia e não vou criticar os juízes", disse o treinador após a partida realizada em Vitória, na Espanha. 

A polêmica sobre a arbitragem surgiu após o primeiro pênalti marcado pelo juiz Sánchez Martínez. Aos 16 minutos do primeiro tempo, o árbitro viu a bola ser desviada pelo braço do atacante brasileiro Deyverson, dentro da área, após cobrança de falta de Bale. No entanto, ela bateu na cabeça do jogador do Alavés.  

Este pênalti foi convertido por Cristiano Ronaldo. Já o assinalado na segunda etapa foi defendido pelo goleiro Pacheco. De acordo com o jornal Marca, o português desperdiçou 12 penalidades com a camisa do Real Madrid desde a sua chegada à capital espanhola. No período, ele converteu 66 cobranças. 

Zidane também aproveitou para elogiar o craque, autor de três gols no confronto. "Não tenho que dizer nada sobre as críticas a ele. Mostrou dentro de campo do que é capaz. Fez três gols e está muito feliz. Não só pelos gols. Foi muito bem em todos os aspectos", avaliou. 

Por fim, o francês desconversou quando foi perguntado sobre Benzema e Morata. "Os dois estão muito bem. Hoje, Morata marcou e Benzema não. Mas os dois estão muito bem", concluiu. 

Quer receber notícias do Real Madrid de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos